DATA DE PUBLICAÇÃO: 25/06/2020
- Diminuir + Aumentar

Catedral Metropolitana de Belém promove evangelização nas redes sociais

Foto: Divulgação.
 
Desde o início da pandemia de COVID-19 no Brasil, no Pará mais precisamente em março, diversas medidas foram adotadas pela Igreja a fim de evitar aglomerações e o avanço do vírus,  entre elas a do fechamento por completo de templos. Durante os últimos meses as paróquias foram incentivadas a encontrarem meios de continuar com o anúncio do Evangelho, atendendo os seus paroquianos com celebrações e outros momentos de oração. A Catedral Metropolitana, Igreja Mãe da Arquidiocese de Belém, foi uma dessas que, com muita criatividade, esforço e animação do Espírito Santo, criou conteúdos formativos e alternativas para manter viva a relação paróquia-paroquiano.
 
A Catedral Metropolitana mantém atualmente entre seus canais de comunicação nas redes um perfil no Facebook, no Instagram, informativo pelo WhatsApp, uma rádio web, um canal no Youtube e também um portal de notícias que reúne informações da paróquia e informativos. Todos eles são alimentados com vídeos, transmissões ou conteúdos sobre a paróquia, Igreja de Belém e no mundo. 
 
Cônego Roberto Cavalli Júnior, Cura da Sé, explica que diante da situação da pandemia percebeu a necessidade de continuar a manutenção da relação entre paróquia e fiel mesmo à distância: “Uma vez que formamos uma família, uma comunidade, então esta comunidade precisava se manter. Logo no início foram suspensas as missas com a presença do público e nós então começamos a pensar naquilo que seria possível realizarmos para que os fiéis pudessem acompanhar a vida da Igreja.”
 
De acordo com ele, junto com a Pastoral da Comunicação, iniciou o processo de encontrar formas  para manutenção dessa relação. As missas e terços marianos começaram a ser transmitidos ao vivo pela página, assim como as reuniões de pastoral como ocorreu em 30 de maio com um encontrão virtual de pastorais que compõem a Catedral. Aos sábados, acontece a catequese para crianças, ministrada pelo Padre João Paulo Dantas, vigário da Catedral.
 
Outros conteúdos foram promovidos com o intuito também de dar conta das despesas que a Igreja possui mesmo em tempo de isolamento social. Para isso organizou-se uma “live solidária” com apresentação musical para arrecadar fundos: “por não termos as missas e a Igreja no lockdown ficou fechada e nós não tínhamos entrada só poucas através da conta bancária. Nessa live solidária tivemos uma grande ajuda”.
 
Ele conclui: “essas iniciativas mostram que as pessoas mesmo em casa podem aproveitar daquilo que nós estamos oferecendo. E acredito que essa pandemia tem trazido uma visibilidade às redes sociais e que nós podemos, e penso que todas as paróquias têm trabalhado isso e aqui não é diferente. Buscamos a cada dia aprimorar para que possamos avançar ainda mais nesse trabalho.”
 
Catedral em números   
 
O trabalho realizado nos últimos meses têm trazido grande retorno. Segundo dados repassados pela equipe da Pascom, no último mês a página no Facebook teve um alcance de 125,2 mil e um pouco mais de 2 mil visualizações da página. O perfil no Instagram que possuiu 6.890 curtidas entre os dias 8 e 14 de junho obteve 4.451 de alcance.
 
O site da catedral https://catedraldebelem.com.br/) entre os dias 15 a 21 de junho obteve 150 novos usuários e cerca de 312 visualizações da página. Desde sua criação, em 1º de dezembro de 2019, até o momento desta matéria 23 de junho de 2020, a página já alcançou 2.132 usuários que permaneceram na página em média por 1 minuto e 22 segundos. 
 
Para Tiago Pereira, da Pastoral da Comunicação, a pandemia trouxe para os fiéis a vontade de tornaram-se mais participativos nessa nova forma da Igreja de se comunicar. A rádio web, por exemplo, que foi iniciada neste tempo de pandemia para eventos da Catedral será futuramente mantida com outros conteúdos, segundo Tiago: 
 
“Pretendemos utilizar a rádio com mais ênfase passado esse período de festividade para colocar um pouco mais da voz do paroquiano, um pouco mais das vozes das pastorais, um programa voltada para a parte de evangelização com alguém realmente interagindo. É o tipo de ação que aproxima mais desse público da Arquidiocese.”
 
Com o informativo do WhatsApp (que é possível inscrever no link: http://bit.ly/infoCatedral) a Catedral realiza a comunicações das ações da Igreja para seu público, como está acontecendo com a festividade de São João, que encerra no dia 28.
 
Num grande processo de aprendizado, outros conteúdos e formatos são estudados para que a evangelização cresça e o anúncio da Palavra atinga mais e mais: “a ideia é fazer junto desse canal um polo de evangelização onde colocamos as missas, festividade e principalmente as ações pastorais dentro da arquidiocese e torna isso uma constante na vida das pessoas que sabem da importância da catedral como igreja mãe da Arquidiocese.”
 
 
 



Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade