DATA DE PUBLICAÇÃO: 17/09/2018
- Diminuir + Aumentar

Corda que será usada no Círio chega a Belém no dia 20

Foto: Luiz Estumano
 
Após dias na estrada, chega à capital paraense nesta quinta, 20, por volta das 10h, a Corda do Círio, um dos principais ícones da festividade, usada nas duas maiores e mais tradicionais procissões, o Círio e a Trasladação. 
 
A corda, que tem cada centímetro disputado por milhares de pessoas, foi produzida no Estado de Santa Catarina, pela empresa Itacorda, e custeada por um doador, transportada novamente pela Empresa Expresso Vida Transporte, que também doa o serviço. 
 
Um dos ícones de fé da Festa de Nazaré, a corda deste ano é feita de sisal e tem 800 metros de comprimento, 50 milímetros de diâmetro e será dividido em dois pedaços de 400 metros, um para cada romaria. 
 
História - A corda passou a fazer parte do Círio no ano de 1885, quando uma enchente da Baía do Guajará alagou a orla desde o Ver-o-Peso até a  Igreja das Mercês, fazendo com que a berlinda ficasse atolada e os cavalos não conseguissem puxá-la. Os animais foram desatrelados e um comerciante local emprestou uma corda para que os fiéis puxassem a berlinda. Desde então, foi incorporada às festividades e passou a ser símbolo do elo entre Nossa Senhora de Nazaré e os devotos. 
 
 
 

Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade