DATA DE PUBLICAÇÃO: 05/09/2019
- Diminuir + Aumentar

Mater Ecclesiae

Foto: Alan Monteiro
 
E Jesus fez-se carne
Pão e vinho
Da Trindade
Pai
Filho
Espírito Santo
Um Deus de múltiplas faces
Cada qual uma verdade
De mostrar a divindade

No enlace da boa fé.
 
E Jesus fez-se homem
Do ventre, um horizonte
Que Maria carregou
Ao mundo nos mostrou
Eis aqui o Salvador
Irmão de todos
Os filhos da mesma Maria
Mãe pura e santíssima
Dos cristãos, intercessora.
 
E a cristandade fez-se corpo
Igreja, vida e esforço
De viver aquilo que o Pai nos ensinou
Jesus Cristo revelou
Com a devoção de Maria de Nazaré
Mulher de tanta fé
Mão da Igreja
Entronizada
Do povo eterna morada
Um cantinho de amor.
 
Em Belém
Da longínqua Palestina
O parto de Maria
Na santidade de um dia
Deu a luz ao Salvador.
 
No outro lado dessa Terra
Outra Belém não menos bela
Tem Maria como guia
Padroeira e ungida
Mãe do povo do Pará.
 
Tanta fé fez-se cortejo
Necessário o desejo da Igreja se organizar
Em 1719, o Papa Clemente XI elege
Belém vira Diocese
300 anos para comemorar.
 
Sob o manto de Maria
O povo de boa fé
Faz o Círio de Nazaré
Procissão inigualável
O cortejo de uma cidade
Por quilômetros venerar
Cada romeiro em prantos
Olhar no Céu
Um encanto
Nossa Senhora para amar.
 
O povo em romaria
Seja noite
Seja dia
Em bom som anuncia:
Da Igreja, tu és Mãe
Nossa Senhora de Nazaré
Procissão é uma maré
De louvor
Amor e fé
Que a ti dedicamos
Por 226 anos
Sem tempo para findar.
 
A ti rogamos
Santíssima
Protegei nossa floresta
Fauna, flora
Nossa terra
Morada dos ancestrais.
 
A natureza está em alerta
O homem em si desperta
É tempo de preservar
Conservar
Sustentar
A dádiva a nós concedida
Pelo amor de Cristo e Maria
Aos homens de boa fé.

Papa Francisco
Antenado
Aos bispos
Faz um chamado
Para em Sínodo
Conversar
Que Amazônia
Deixaremos para as futuras gerações
Se o freio não for dado
Não restará nenhum bocado
Para o caboclo respirar.

Ajamos com beneplácito
Resgatemos
O que a Plácido Maria
Fez revelar:
Se me tiras do rio
Ao rio volto
Casinha de Deus
É o que posso
Ver nas águas do coração.

Alexandre Falcão
 

Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade