DATA DE PUBLICAÇÃO: 27/02/2017
- Diminuir + Aumentar

Quaresma inicia nesta quarta-feira 1º de março com a imposição das cinzas

 
Nesta quarta-feira (1º) inicia-se o Tempo Litúrgico da Quaresma. Período de conversão, penitência, reflexão. A Igreja convida e prepara os cristãos para a grande festa da Ressurreição de Jesus Cristo: a Páscoa. 
 
São 40 dias de doação, arrependimento, transformação pessoal e espiritual aos quais os fiéis se propõem a mudar de vida. A viver junto a Jesus e seguir a Palavra de Deus. 
 
De acordo com o Catecismo da Igreja Católica (CIC), o homem recebe a nova vida de Cristo. “Estamos ainda em nossa morada terrestre, sujeitos ao sofrimento, à doença e à morte. Esta nova vida de filhos de Deus pode tornar-se debilitada e até perdida pelo pecado”, (CIC, 1420).  Por isso, Jesus Cristo, como médico das almas, propõe a mudança. A partir da Igreja católica, Ele quis levar as obras de cura e salvação. 
 
O cristão ao arrepender-se de seus pecados se aproxima do sacramento da penitência e obtém a misericórdia divida e o perdão da ofensa feita a Deus. A reconciliação se dá com a conversão, a caridade e as orações. (CIC, 1422). 
 
 
(CIC) - Como se chama este sacramento?
 
1423. É chamado sacramento da conversão, porque realiza sacramentalmente o apelo de Jesus à conversão (4) e o esforço de regressar à casa do Pai (5) da qual o pecador se afastou pelo pecado.
 
É chamado sacramento da Penitência, porque consagra uma caminhada pessoal e eclesial de conversão, de arrependimento e de satisfação por parte do cristão pecador.
 
1424. É chamado sacramento da confissão, porque o reconhecimento, a confissão dos pecados perante o sacerdote é um elemento essencial deste sacramento. Num sentido profundo, este sacramento é também uma «confissão», reconhecimento e louvor da santidade de Deus e da sua misericórdia para com o homem pecador.
E chamado sacramento do perdão, porque, pela absolvição sacramental do sacerdote. Deus concede ao penitente «o perdão e a paz» (6).
 
E chamado sacramento da Reconciliação, porque dá ao pecador o amor de Deus que reconcilia: «Deixai-vos reconciliar com Deus» (2 Cor 5, 20). Aquele que vive do amor misericordioso de Deus está pronto para responder ao apelo do Senhor: «Vai primeiro reconciliar-te com teu irmão» (Mt 5, 24).
 
Existem também outras penitências da quaresma, práticas importantes para alcançar a graça do Perdão Divino: a oração, o jejeum e a esmola. 

Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade