DATA DE PUBLICAÇÃO: 08/04/2017
- Diminuir + Aumentar

Semana Santa na Arquidiocese de Belém: Confira os horários e a programação

   
Foto: Luiz Estumano
 
A Arquidiocese de Belém do Pará convida a todos os fiéis para o momento maior da fé Católica, a Solenidade da Páscoa. O período é precedido pela Quaresma, Semana Santa e tendo seu ápice na Páscoa de Nosso Senhor.
 
O tempo da Quaresma (que iniciou no dia 1° de março e segue até o dia 08 deste mês) é um tempo de conversão, período em que todos são convidados a se aproximar da Palavra de Deus, refletir sobre nossas faltas e falhas, período também marcado pelos gestos concretos de caridade, buscando o sacramento da penitência, oração mais contemplativa, fazendo um profundo retiro espiritual, tudo em preparação para a Páscoa do Senhor. Em virtude deste momento estão sendo realizados os mutirões de Confissões nas 86 paroquias da Arquidiocese Belém do Pará do dia 6 a 12.
 
A Semana Santa começa no Domingo de Ramos, porque celebra a entrada de Jesus em Jerusalém montado em um jumentinho – o símbolo da humildade – e aclamado pelo povo simples, que O aplaudia como "Aquele que vem em nome do Senhor".
 
Na Quinta-feira Santa teremos a presença de todo Clero Arquidiocesano na Missa do Crisma, benção dos Santos Óleos e a Renovação das Promessas Sacerdotais. Pela noite celebra-se a Santa Ceia do Senhor a Sagrada Eucaristia é o sacramento em que Jesus entrega o Seu Corpo e o Seu Sangue – Ele próprio, por nós, para que também nos entreguemos a Ele em amor e nos unamos a Ele na Sagrada Comunhão.
 
Já na Sexta-feira Santa a Igreja propõe um dia de silêncio, oração e meditação. Neste dia, que os antigos chamavam de "Sexta-feira Maior", celebramos a Paixão e Morte de Jesus. O ponto alto da Sexta-feira Santa é a celebração das 15 horas, horário em que Jesus foi morto. A principal cerimônia do dia é a Ação Litúrgica da Paixão do Senhor. Ela consta de três partes: liturgia da Palavra, adoração da cruz e comunhão eucarística. Aliás, este é o único dia do ano em que se celebra e Palavra e não há Santa Missa.
 
No Sábado Santo celebraremos a Vigília de Páscoa, Mãe de todas as Vigílias por ser a mais longa onde ocorrem quatro ações litúrgicas: Liturgia da luz, Liturgia batismal, Liturgia da palavra e Liturgia Eucarística. Páscoa significa "passagem" ou agradecimento por um caminho de libertação percorrido. Já no Antigo Testamento, isso estava muito presente na vida do Povo de Deus. A Páscoa era sinalizada por diversas passagens: da Caldeia para Canaã, daí para o Egito e do Egito para a Terra Prometida, atravessando o Mar Vermelho e o deserto. Todas foram marcas de libertação.
 
Confira a programação completa da Semana Santa na Catedral Metropolitana, sede da Igreja de Belém, onde o Arcebispo, Dom Alberto Taveira Corrêa, preside as celebrações desta semana, que é a mais importante para o catolicismo: 
 
 
 
 

Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade