DATA DE PUBLICAÇÃO: 15/06/2017
- Diminuir + Aumentar

Missa e procissão marcaram a solenidade de Corpus Christi em Belém

   
Foto: Luiz Estumano
 
Centenas de pessoas compareceram na manhã desta quinta-feira, 15, ao Portal da Amazônia, em Belém, para a Solenidade de Corpus Christi. Houve Santa Missa e procissão eucarística até a Catedral Metropolitana. Os fiéis saudaram Jesus Sacramentado e rezaram pedindo paz para a cidade, e ainda pela situação política do país.
 
A Santa Missa teve início às 7h e foi presidida pelo Arcebispo de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, e concelebrada pelo Bispo Auxiliar, Dom Irineu Roman, além dos sacerdotes e diáconos do clero arquidiocesano devidamente paramentado com vestes que lembravam o dourado, em referência à Eucaristia.
 
 
Foto: Luiz Estumano
 
Após a celebração, o Santíssimo Sacramento foi depositado no belíssimo ostensório do 17º Congresso Eucarístico Nacional, ornado com flores amarelas e brancas, e teve início a procissão eucarística pelo Portal da Amazônia e algumas ruas do bairro da Cidade Velha. À frente do cortejo iam os acólitos, seguidos pelas bandeiras do Apostolado da Oração, os diáconos permanentes e o povo de Deus, que cantava e, em alguns momentos, rezava a oração oficial do CEN.
 
Homenagens
 
Nas ruas próximas à Catedral, a movimentação iniciou logo nas primeiras horas da manhã, com a finalização dos tapetes coloridos preparados com serragem, tinta em pó e outros materiais, pelas diversas paróquias da Arquidiocese e Região Metropolitana. Cada comunidade ficou responsável por ornamentar a distância de 100m. Além dos tapetes, foram colocadas faixas, cartazes e banners com frases devocionais.
 
Foto: Rodrigo Silva
 
Rosa Reis, da Pastoral da Catequese da paróquia Nossa Senhora do Carmo, no município de Benevides, chegou ainda de madrugada para preparar a homenagem à Jesus Eucarístico. “É uma experiência renovadora para a nossa fé de que Jesus está presente na Hóstia consagrada e vale muito a pena ter acordado às quatro da manhã para vir aqui e ver o Santíssimo Sacramento passar”, afirmou.
 
Para o jovem José Leandro, participar da festa de Corpus Christi, este ano, tem um caráter todo especial. “Vou receber o sacramento do Crisma no dia 20, e o dia de hoje é um incentivo a mais para a minha fé. Estou ansioso, nem consigo definir com palavras o que estou sentindo”, completou emocionado.
 
 
Foto: Rodrigo Silva
 
As casas localizadas no percurso da procissão estavam enfeitadas com toalhas brancas e pequenos altares para saudar o Santíssimo Sacramento, e as famílias que moram naquele entorno aguardavam, ansiosas, a passagem da procissão. 
 
Tereza Pinheiro, aposentada, expressou a alegria de viver a fé católica. “Nosso povo paraense está de parabéns por essa bela procissão. Nós temos tudo para viver a fé cristã. Desejo que a gente procure mais a este Deus vivo que nos abençoa”.
 
Foto: Rodrigo Silva
 
Bênçãos
 
Por volta das 9h30, os sinos da Catedral anunciavam a chegada da procissão. Na praça Frei Caetano Brandão, Dom Alberto pediu que todos fizessem um momento de silêncio em intenção de oração pela paz na cidade de Belém, tão marcada pela violência nos últimos dias. Cantou-se o hino eucarístico “Tão Sublime Sacramento” e o Arcebispo abençoou o povo com a Hóstia Consagrada.
 
No interior da Catedral houve uma segunda bênção e dessa vez, Dom Alberto pediu que todos rezassem pedindo “que todos saíamos daqui como missionários e evangelizadores”. E despediu o povo dizendo: “Voltemos para nossas casas com essa experiência bonita de ter vivido, por mais um ano, a bela festa de Corpus Christi”.
 
 

Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade