DATA DE PUBLICAÇÃO: 20/11/2019
- Diminuir + Aumentar

AIS lança campanha "Red Wednesday"

No dia 27 de novembro monumentos simbólicos de todo o mundo serão iluminados com a cor vermelha para simbolizar o sangue dos mártires

Da redação, com Fundação AIS
 
 
       Um mês após o lançamento do mais recente relatório sobre a perseguição aos cristãos no mundo, a Fundação Ajuda à Igreja que Sofre (AIS) voltou a chamar a atenção para este drama que afeta cerca de 300 milhões de pessoas. No próximo dia 27 de novembro, a AIS lança a campanha global “Red Wednesday”. Em todo o mundo, alguns monumentos simbólicos serão iluminados com a cor vermelha, que simboliza o sangue dos mártires, em combate à indiferença da sociedade perante a realidade dramática dos cristãos perseguidos.

       O relatório ‘Perseguidos e Esquecidos?’, lançado em Lisboa em outubro, é taxativo na avaliação que faz da questão da perseguição aos Cristãos. A situação no Médio Oriente, por exemplo, revela-se dramática. A forte instabilidade vivida na região poderá vir a acelerar o fim do cristianismo em países como a Síria ou o Iraque, se a comunidade internacional não atuar rapidamente.

       No entanto, infelizmente, tanto a Ásia como a África revelam também sinais inquietantes de crescente hostilidade para com os cristãos. Diante dessa realidade, em que milhões de pessoas em todo o mundo não podem professar a sua fé em liberdade, pois são perseguidas, intimidadas, presas e muitas vezes mortas, pede-se a mobilização da sociedade.

       Com esta iniciativa, a Fundação AIS procura dar um sinal aos países de que é preciso mostrar que os cristãos perseguidos não são esquecidos. Aderiram à campanha global Red Wednesday, os países: Portugal,  Alemanha, Chile, Estados Unidos, Austrália, Canadá, Reino Unido, Áustria, Holanda, Eslováquia, Filipinas e Itália.
 

Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade