DATA DE PUBLICAÇÃO: 10/01/2020
- Diminuir + Aumentar

Belém comemora 404 anos de história

Foto: Luiz Estumano
 
A cidade de Belém foi fundada por Francisco Caldeira Castelo Branco em 12 de janeiro de 1616. Tudo iniciou pelo Forte do Castelo e no seu entorno se estabeleceu o Complexo Feliz Lusitânia.
 
A cidade se estabeleceu denominada como Nossa Senhora de Belém do Grão Pará. Os primeiros religiosos chegaram em 1650 com a construção de ruas e casas de taipa. Ela é cercada de mangueiras e desde os seus primeiros anos a fé a e religião estavam presentes na capital do Pará.
 
No ano de 1700, Plácido encontrou a imagem de Nossa Senhora de Nazaré junto ao igarapé em Belém e a levou para sua casa. No dia seguinte a imagem havia sumido e ao retornar ao igarapé, encontrou a imagem no mesmo local e novamente a levou para casa e nos demais dias o acontecimento se repetiu. A Basílica de Nazaré foi erguida no local em que Plácido encontrou a imagem. 
 
Foto: Luiz Estumano
E em 1719 o Papa Clemente XI criou a Diocese de Belém do Pará por meio da bula “Copiosus in Misericórdia”, e desvinculando da Diocese do Maranhão, com nome de Diocese de Santa Maria de Belém, a quinta do Brasil. A paróquia construída de Nossa Senhora da Graça, tornou-se a Catedral Metropolitana de Belém, com o primeiro Bispo Dom Frei Bartolomeu do Pilar (1724 a 1733).
 
Em 2019 a Diocese de Belém completou 300 anos de história com intensa programação. Atualmente a Arquidiocese de Belém é conduzida por Dom Alberto Taveira Corrêa, Arcebispo Metropolitano de Belém, junto com o Bispo Auxiliar, Dom Antônio de Assis Ribeiro.
 
A primeira edição do Círio de Nazaré se concretizou em 1793 e a festividade ocorre todos os anos desde então, no segundo domingo de outubro, reunindo mais de dois milhões de fiéis. A Festa da Rainha da Amazônia é patrimônio imaterial pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) desde 2004 e no ano de 2013 foi nomeado Patrimônio Cultural da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).
 
Foto: Agência Pará
 
Neste domingo, 12 de janeiro, a Cidade das Mangueiras completa 404 anos de história e uma extensa programação comemora a data. Veja a seguir algumas atividades que serão realizadas no dia 12.
 
Programação do aniversário da cidade
 
A comemoração começa no início da manhã, às 8h, com Missa em Ação de Graças, na Catedral Metropolitana de Belém, localizada no bairro da Cidade Velha, com a presidência de Dom Antônio de Assis Ribeiro, Bispo Auxiliar de Belém. A celebração será transmitida, ao vivo, pela Rede Nazaré de Televisão (canal 30.1 ou sintonia de sua cidade), Portal Nazaré e pela página no Facebook/FNCBelem.
 
A partir das 10h ocorre o tradicional “Parabéns para Belém”, com bolo e vela, em uma tenda que será montada na Feira do Ver-o-Peso. O bolo da cidade está sendo produzida por uma padaria parceira da Prefeitura de Belém com 20 metros de comprimento recheado com goiabada, mousse de maracujá, doce de leite e baunilha com cobertura de glacê mesclado, com chocolate e frutas.
 
Ainda no Ver-o-Peso, a partir de 8h, a população receberá diversos serviços como vacinação, consultas médicas, emissão do passe estudantil até às 13h. Para participar dos programas é necessário estar com os seguintes documentos: Carteira de Identidade, CPF, Carteira de Trabalho, Título de Eleitor, cartão do SUS e carteira de vacinação.
 
A edição da Feira de Adoção de Cães e Gatos também será no domingo, na Praça da Sé, no horário de 9h às 13h. São 40 animais vermifugados e quem desejar adotar precisa apresentar o RG e o comprovante de residência. 
 
As comemorações a Belém seguem ao longo do dia com várias atividades. No início da noite, às 19h, será realizada a Solenidade de Imposição da Medalha do Mérito Francisco Caldeira de Castelo Branco a diversas personalidades paraenses e não paraense, no Hotel Sagres, no bairro de São Brás.
 
No Portal da Amazônia, várias atrações musicais regionais se apresentam, a partir de 18h.
 
Programação Cultural
 
A celebração dos 404 anos também é uma ocasião de fazer memória de sua história e por isto o projeto Roteiro Geo Turístico promove uma edição especial comemorativa. 
 
O roteiro inicia no Forte do Castelo e fará o seguinte percurso: Feira do Açaí – Complexo Feliz Luzitânia – Rua Siqueira Mendes – Praça e Igreja do Carmo – Rua Joaquim Távora – Largo e Igreja de São João – Rua Tomázia Perdigão – Palácio do Governo – Prefeitura – Praça Dom Pedro II – Museu do Círio e finalizando no Instituto Histórico e Geográfico do Pará.  
 
A programação inicia as 8h e o término estará previsto para às 12h. As inscrições são  gratuitas e feitas pelo link. A organização do passeio é feita pela Prof. Dra. Maria Goretti da Costa.
 

Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade