DATA DE PUBLICAÇÃO: 21/01/2020
- Diminuir + Aumentar

Estudos sobre o tema da Campanha da Fraternidade 2020 iniciam na Arquidiocese de Belém

Foto: CNBB:
 
A Campanha da Fraternidade 2020 reflete o tema “Fraternidade e vida: dom e compromisso” e o lema  “Viu, sentiu compaixão e cuidou dele” (Lc 10, 33-34)” e convida a sociedade para discutir acerca do cuidado e olhar ao próximo.
 
A Abertura da CF 2020, em âmbito nacional, ocorre no dia 26 de fevereiro, quarta-feira de cinzas e início da quaresma. Na Arquidiocese de Belém a programação de abertura será realizada no dia 29 de fevereiro (sábado) com celebração eucarística, no Ginásio do Abacatão, na Cidade Nova, em Ananindeua, seguida de uma caminhada refletindo o tema deste ano.
 
Para Monsenhor Raimundo Possidônio da Mata, Vigário Geral da Arquidiocese de Belém, o tema deste ano que convida a uma reflexão de cuidado com as pessoas seja no ambiente familiar, no ambiente da comunidade e da sociedade em geral. “É uma linha mais social como as vezes aparece, mas esse tema ele nos ajuda a um cuidado com as pessoas, ou seja, na família, na comunidade, na sociedade e um cuidado com a vida também no nível da realidade que envolve a gente, aquilo que a gente chama casa comum, as questões ecológicas, meio ambiente”.
 
Ele ainda destaca que o principal objetivo da Campanha da Fraternidade 2020 é voltar  “é olhar o outro na sua realidade de carência, de sofrimento, de necessidade”. O cuidado com a própria existência, a cultura do encontro como destaca o Papa Francisco. “É uma conscientização na verdade a luz da palavra de Deus para estes problemas humanos” enfatiza.
 
Além do cuidado ao outro em vários níveis: pessoal, familiar, comunitário e social. A proposta do tema da CF 2020 também busca familiarizar e conscientizar as instituições sociais da importância do cuidado ao próximo, como ressalta o Vigário Geral:
 
“Tem que olhar isso em um nível mais amplo, nível social, nível da sociedade, da realidade política então isso normalmente e aí você vai ver lá, no além do julgar é lógico, é o olhar da Palavra de Deus sobre isso, você vai também nas ações. O texto é muito claro nisso, ele vai que pedir que nós também tenhamos um compromisso político, digamos, de trabalhar pra que na sociedade, nos governos, nos estados, eles se voltem também para essa realidade”, explica o Monsenhor Raimundo Possidônio.
 
A Arquidiocese de Belém inicia no próximo sábado, dia 25, formações e estudos sobre o tema e o lema da Campanha da Fraternidade deste ano em vários regiões episcopais para apresentar, esclarecer e conscientizar sobre o assunto e como o tema pode ser refletido e transformado em ações concretas nas paróquias da Igreja de Belém.
 
A Área de Mosqueiro será a primeira a receber a formação, que acontecerá no dia 25, a partir das 8h, nas paróquias São Sebastião e Santa Bárbara. Os estudos serão conduzidos por Monsenhor Raimundo Possidônio e pelo Francisco (CJP).
 
A programação de formações segue durante os meses de janeiro, fevereiro e março. Nos dias 27 e 28 de janeiro, os estudos serão voltados a Área Belém, na Casa de Plácido, no Centro Social de Nazaré, na Avenida Nazaré, a partir de 19h. No primeiro dia a formação será ministrada pela Fátima Fonseca e no dia 28, mesmo horário, pelo padre Bruno Sech.
 
Nos dias 1º e 2 de fevereiro, a paróquia Menino Deus, situada em Marituba, recebe momento formativo para as paróquias da Área Metropolitana, nos respectivos horários: 14h e 8h com os respectivos formadores: Fátima Fonseca e Monsenhor Raimundo Possidônio.
 
Os estudos para a Área Icoaraci ocorrerá no dia 8 de fevereiro (sábado), às 14h, na paróquia São João Batista e Nossa Senhora das Graças, localizada no Distrito de Icoaraci. Serão realizadas atividades acerca do ver, discernir e agir pelo padre José Maria Ribeiro, pároco da Paróquia Santa Maria Mãe de Deus, e por Francisco Araújo (DST).
 
As últimas atividades serão nos dias 12 e 13 de fevereiro para a Área da Cidade Nova. A Paróquia |Cristo Rei sediará o momento formativo, às 19h, com a condução do Vigário Geral, Monsenhor Raimundo, e do padre Paulo Joanil, da Comissão de Pastoral da Terra.
 
Cartaz da CF 2020
 
O cartaz da Campanha da Fraternidade 2020 apresenta o tema “Fraternidade e vida: dom e compromisso” e o lema  “Viu, sentiu compaixão e cuidou dele”. E também retrata o Pelourinho, um lugar ícone de Salvador, na Bahia, e apresenta a figura da Irmã Dulce, que foi beatificada em outubro de 2019.
 
Para o Vigário Geral da Arquidiocese de Belém, o cartaz da CF desperta atenção por vários elementos como descreve a seguir:  “A grande imagem, podemos dizer assim, dessa campanha é o cartaz e chama atenção a figura da irmã Dulce ali no meio do Pelourinho,lá de Salvador, porque ela é chamado o anjo bom da Bahia. Foi exatamente canonizada no ano passado para mostrar como hoje se pode ser o bom samaritano, que é a imagem que campanha também quer passar. O Bom samaritano que cuida do caído. Ela destaca exatamente por isso: a missão da igreja, a missão do cristão que é estender a mão ao próximo como discípulo de Jesus e nesse sentido deixar uma marca cristã dentro da sociedade por conta disso”, finaliza Monsenhor Raimundo.
 

Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade