DATA DE PUBLICAÇÃO: 22/01/2020
- Diminuir + Aumentar

Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré em Portugal

Foto: Juliana Brito.
 
Na noite da última terça-feira, 21 de janeiro, a Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré junto com uma comitiva embarcaram para Portugal, onde realizarão visitas no período de 22 a 26 de janeiro. Na ocasião também será para participar do Encontro Internacional das Comunidades Devotas de Nossa Senhora de Nazaré.
 
O evento faz parte do lançamento da Candidatura das Práticas e Manifestações do Culto de Nossa Senhora de Nazaré a Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade, título a ser concedido pela UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura). Representantes da Arquidiocese de Belém, da Basílica Santuário de Nossa Senhora de Nazaré e do Governo do Estado do Pará formam a comitiva que acompanhará a visita da Imagem. 
 
O padre Luiz Carlos, reitor da Basílica Santuário de Nossa Senhora de Nazaré, destaca a importância da participação no Encontro tanto no âmbito religioso quanto cultural. “Esse encontro tem dois aspectos: o aspecto puramente religioso, estreitamente religioso sobre o culto a Nossa Senhora de Nazaré e esse outro aspecto vamos dizer também cultural. São dois aspectos importantes por isso que iremos pessoas eclesiásticas e também representantes do governo, no caso o próprio governador estará presente”, explica o sacerdote.
 
A Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré será recepcionada no Aeroporto Internacional de Lisboa e seguirá uma intensa programação até o dia 26. Veja a seguir a programação:
 
A programação da visitação inicia no dia 22 de janeiro com a chegada no Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, Portugal. Na ocasião, a Imagem será recepcionada pelos representantes da Câmara Municipal da Nazaré e da Confraria de Nossa Senhora de Nazaré. Em seguida inicia o deslocamento para o Mosteiro dos Jerônimos, em Lisboa, com o cortejo pelos bombeiros voluntários da Nazaré e pela Polícia de Segurança Pública. Na chegada ao Mosteiro haverá um momento de oração.
 
A Imagem Peregrina ficará para visitação para o público no Mosteiro dos Jerônimos, em Lisboa, até o dia 24 de janeiro (sexta-feira). Neste dia a Imagem segue para a cidade de Nazaré com cortejo de bombeiros voluntários da Nazaré e pela Polícia de Segurança Pública. Na chegada será realizada a Cerimônia de Boas Vindas pela Confraria de Nossa Senhora de Nazaré e pela Reitoria do Santuário de Nossa Senhora de Nazaré. 
 
A programação do Encontro Internacional das Comunidades Devotas de Nossa Senhora de Nazaré inicia no dia 24 de janeiro com a recepção dos participantes e momento de oração mariana, no Santuário de Nossa Senhora de Nazaré. Ainda neste dia, às 19h, inicia a procissão das velas, no Sítio Nazaré e as atividades do dia encerram com a degustação de produtos da gastronomia portuguesa, em especial da Nazaré (Palácio Real).
 
O dia 25 será dedicado a apresentação da candidatura, no Teatro Chaby Pinheiro. Também terá um momento para notas acerca da viagem da Imagem de Nossa Senhora desde a Terra Santa até Portugal. Ainda no dia 25, representantes de Círios de Nossa Senhora de Nazaré participam da programação e também terão testemunhos de fé de crentes portugueses, brasileiros e de outros lugares onde há o culto a Nossa Senhora de Nazaré. O dia encerra com atividades culturais.
 
O último dia do evento, 26 de janeiro, será iniciado com celebração eucarística presidida por Dom Manuel Clemente, Cardeal Patriarca de Lisboa, e concelebrada por Dom Alberto Taveira Corrêa, Arcebispo Metropolitano de Belém e por Arcebispos presentes, nomeadamente do Brasil e de África. Às 15h acontece a proposta de constituição e lançamento de uma Rede Internacional das Comunidades devotas de Nossa Senhora de Nazaré.
 
 
A Guarda de Nossa Senhora de Nazaré também está presente na comitiva com destino a Portugal.“Nós vamos participar de toda a missão junto a Imagem e principalmente, não só o que diz respeito a tomar conta e ficar próximo da Imagem e ter todo aquele cuidado, aquela cautela, mas também divulgar um pouco do Círio, um pouco do trabalho da guarda e principalmente da devoção mariana, isso que é o mais importante, para que as pessoas entendam o verdadeiro significado, o verdadeiro amor de Nossa Senhora por todos nós”, explica  Guilherme Azevedo, diretor da Guarda de Nazaré, sobre o trabalho realizado durante a visita.
 
Em 2019, a Guarda de Nazaré completou 45 anos de existência cumprindo sua missão junto a Virgem de Nazaré. E para o diretor participar desta peregrinação é uma responsabilidade muito grande.
 
“Pra guarda é muito importante até porque completamos agora 45 anos de existência então pra gente é uma data muito marcante. E assim é uma responsabilidade muito grande. A questão da devoção mariana ela é mundial, mas a partir do momento em que se fala em Círio ela se torna mais importante ainda dentro de todo o contexto da sociedade”. Então é muito importante não só pra nós, mas para todos aqueles que vão participar para que a gente consiga transmitir a verdadeira devoção a Nossa Senhora”, destaca Guilherme Azevedo.
 
Para o Reitor da Basílica de Nazaré, a participação no Encontro é uma porta aberta para conhecimento da devoção mariana. “Eu digo sempre que é uma porta aberta. Nossa Senhora de Nazaré nós dizemos que ela vai onde ela quer e aparece sempre essas ocasiões, oportunidades em que o culto a Nossa Senhora de Nazaré e o Círio se tornam cada vez mais conhecidos atraindo sempre mais pessoas e também é importante que o nome do nosso Estado e da própria cidade de Belém se torna cada vez mais conhecida devido o culto a Nossa Senhora de Nazaré”, enfatiza o padre Luiz Carlos.
 
A candidatura 
 
O objetivo desta candidatura é ampliar e fomentar a devoção a Nossa Senhora de Nazaré em várias partes do mundo onde o culto já existe. Por ocasião do dossiê, requisito para a candidatura, foi realizado um trabalho de mapeamento que identificou mais de 270 locais de culto de Nossa Senhora de Nazaré entre igrejas, capelas, círios, festividades, santuários, escolas e obras sociais.
 
No espaço lusófono africano também existem referências do culto como, por exemplo, em Angola (igreja em Luanda), ou em São Tomé e Príncipe (capela com culto), entretanto o fenômeno tem mais expressão em Portugal e no Brasil.
 
Em 2013, a UNESCO já reconheceu o Círio de Nazaré como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade.
 
A devoção
 
O culto a Nossa Senhora de Nazaré é um dos cultos marianos mais antigos de Portugal com mais de 800 anos de história e devoção ininterrupta. A devoção se expandiu nos países de língua portuguesa  e atualmente está mais viva no Brasil do que em Portugal.
 
O Círio de Nossa Senhora de Nazaré, realizado em Belém, no Estado do Pará, localizado no norte do Brasil, é considerado maior manifestação da fé católica do Planeta e que reúne mais de dois milhões de pessoas nas ruas da capital paraense.
 
O primeiro Círio de Nazaré ocorreu em setembro de 1793 com a estimativa de participação de 5 a 10 mil pessoas.
 
Em Portugal, além do próprio berço da devoção, a vila da Nazaré e o Santuário, são também dezenas os templos, celebrações e círios dedicados a invocação mariana.
 
 

Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade