DATA DE PUBLICAÇÃO: 03/02/2020
- Diminuir + Aumentar

Celebração de instalação da província eclesiástica e criação da Arquidiocese de Santarém na Igreja São Francisco de Assis

Fotos: Leonardo Monteiro.
 
No dia da Apresentação do Senhor, 2 de fevereiro, mais de 1200 pessoas lotaram a Igreja São Francisco de Assis, no bairro Caranazal, em Santarém, para participar da celebração de criação da Província Eclesiástica e Arquidiocese de Santarém e posse canônica do primeiro Arcebispo Metropolitano de Santarém, Dom Irineu Roman.
 
A Santa Missa foi presidida por Dom Giovanni D’Aniello, Núncio Apostólico no Brasil e contou com a participação do Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa e do Bispo Auxiliar de Belém, Dom Antônio de Assis Ribeiro, de parte dos bispos do Regional Norte 2 – CNBB, alguns sacerdotes da Arquidiocese de Belém, forças vivas da Igreja de Santarém (padres, religiosos e religiosas, leigos e leigas) e povo de Deus.
 
No início da celebração foi realizada leitura da bula de instalação da província eclesiástica de Santarém e elevação da Diocese à Arquidiocese. E em seguida ocorreu a apresentação e leitura da bula de nomeação de Dom Irineu Roman como primeiro Arcebispo da Arquidiocese de Santarém. Ao término da leitura, Dom Giovanni D’Aniello entregou o báculo a Dom Irineu como símbolo de missão e pastoreiro da Igreja de Santarém. O novo arcebispo recebeu os cumprimentos dos bispos presentes.
 
Autoridades de Santarém também participaram da Santa Missa, entre eles o prefeito do município, dr. Nélio Aguiar, acompanhado de sua esposa. Ele destaca a vivência do momento histórico para a cidade. 
 
“É um momento de muita alegria e emoção. A gente tá vivendo esse momento histórico, onde a Diocese de Santarém foi elevada a Arquidiocese com a posse do nosso novo Arcebispo, o Dom Irineu. É um momento de gratidão, de gratidão a Deus, gratidão a nosso Papa Francisco por essa decisão sábia. Nós sabemos que o Pará tem uma grande dimensão territorial então a Igreja Católica ela não está dividindo, ela está multiplicando, criando aí mais uma Arquidiocese para que nesse novo território agora a gente possa ter condições de cuidar melhor das ovelhas, desse grande rebanho da Igreja católica, região aqui do oeste do Pará, no Tapajós, no Xingu, que vai ser administrado aí muito bem conduzido pelo nosso arcebispo Dom Irineu”, explica o prefeito Nélio Aguiar.
 
 
Dom Irineu Roman recebeu o báculo do Núncio Apostólico no Brasil, Dom Giovanni D'Aniello
 
Durante a homilia, o Núncio Apostólico no Brasil fez uma reflexão sobre o serviço com amor e caridade, o acolhimento e a entrega na missão. Ele lembrou Dom Irineu dos ensinamentos do Santo Padre sobre a condução do novo rebanho: “como lembra o Papa francisco não somente a frente, mas no meio e a atrás também para ver onde ele vai e para justamente dirigi-lo na direção justa”. 
 
Para Dom Mário, vice-presidente da CNBB, é um momento de alegria e reconhecimento da vida missionária no município. “Aqui hoje é um reconhecimento da vida missionária, da vida cristã, da vida eclesial desta igreja particular. E a Conferência Episcopal, a CNBB, em comunhão com todos os bispos do Brasil se alegra com a Igreja particular de Santarém com o Regional Norte 2 Pará e Amapá bem como com todos os que são participantes desta igreja viva, desta igreja missionária. É uma verdadeira página viva do evangelho que acontece no profetismo e na missionariedade da nossa igreja”, enfatiza Dom Mário.
 
A instalação da província eclesiástica de Santarém é um marco histórico para a Igreja local e para o Pará, primeiro estado a possuir a segunda província. “É um marco não só na questão teórica, mas sobretudo na prática da evangelização. Sabemos que Santarém, a Igreja de Santarém é o berço, até mesmo o útero dos documentos de evangelização na Amazônia. Recordemos aí o documento de Santarém de 1972, que trouxe para a igreja na Amazônia a acolhida do Vaticano II que fez germinar nesta terra uma verdadeira profecia, uma verdadeira missionariedade”, explica o vice-presidente da CNBB.
 
Ainda de acordo com ele, o marco contribui para continuação do processo de evangelização na Amazônia. “Então nós, hoje, mais de 40 anos depois, fazemos memória e assumimos os mesmos compromissos aqui na Amazônia sobretudo nesses dias que estamos na expectativa da exortação apostólica pós-sinodal do Papa Francisco. A Igreja na Amazônia em um processo de evangelização buscando novos caminhos para a Igreja e para uma ecologia integral”, conclui Dom Mário.
 
A elevação de Diocese para Arquidiocese de Santarém reanima e motiva os organismos vivos da Igreja para seguir na missão evangelizadora. Para a Irmã Ieda Souza, a presença de um novo pastor gera esperança e fraternidade. “Hoje, dia mundial dos consagrados, e nós nos sentimos assim felizes por ter esse pastor na condução desse rebanho, lembra a religiosa.
 
Para o clero santareno o novo momento da Igreja local é um sinal de unidade. Segundo o padre Rubenei Coelho, reitor do Seminário São Pio X, em Santarém, o tempo de espera foi substituído pela alegria da acolhida.  “É alegria muito grande para todos nós, que durante este um ano e meio assim, ficamos esperando o novo pastor e agora sim a alegria de acolhê-lo como este grande sinal de unidade entre nós como clero todo, como colaborador do Arcebispo. Agora então para nós é uma grande alegria. Estamos na expectativa desse pastor que vem para liderar a Igreja, que está sempre a frente da Igreja pedindo sempre a força do espírito santo”.
 
Ao final da celebração, Dom Alberto Taveira Corrêa fez um breve discurso e lembrou que a lembrança mais forte de Dom Irineu é o testemunho de serviço incansável, alegria e disposição para tudo. “Então é isso que a gente entrega a vocês em Santarém: um homem incansável no trabalho, um pastor dedicado, zeloso, um homem de Deus. É o que nós trazemos aqui para vocês hoje. Nós perdemos para ganhar”.
 
Mais de 1200 pessoas lotaram a Igreja São Francisco de Assis para participar da celebração.
 
Organização 
 
A Igreja de Santarém organizou e reuniu seus organismos vivos para a realização da celebração de instalação da província eclesiástica, criação da Arquidiocese e posse de Dom Irineu. Foram montadas equipes com diferentes funções desde acolhida até café da manhã.
 
Adna Monteiro, integrante da pastoral da Comunicação da Paróquia São Francisco de Assis explica que tudo foi organizado com carinho sob a orientação do pároco, padre Ademar. “A Paróquia São Francisco acolhe hoje com muita alegria este momento. Então organizamos com muito carinho, coordenados pelo nosso pároco, padre Ademar, que organizou várias equipes para que todos fossem bem acolhidos. Parte de acolhimento, parte de água, ornamentação. Tudo foi cuidado para que hoje tivesse tudo pronto e nós tivéssemos esse dia histórico com muita alegria aqui na Paróquia São Francisco, que foi escolhida por ser uma das igrejas maiores de Santarém. Eu acredito que é a maior Igreja que nós temos aqui na Diocese”.
 
Como destaca Adna, a Igreja de São Francisco possui capacidade para 1200 pessoas (sentadas e em pé) e as equipes também se preocuparam em organizar espaços para que todos se sentissem acolhidos. “A nossa área dia de domingo não é muito congestionada então tem como você estacionar. Nós temos um certo espaço que proporciona, com certeza, um conforto para quem vai está hoje aqui participando deste momento”, lembra Adna.
 
A Paróquia São Francisco de Assis também proporcionou um café da manhã de acolhida aos participantes da celebração. E também dedicaram uma atenção especial para as caravanas, como conta Adna. “Nós organizamos também juntamente com as nossas equipes, com as nossas forças vivas, porque tem pessoas que vieram de outros lugares, de outras cidades então chegaram aqui já para celebração. Então nós também nos preocupamos que pudessem ter algo para comer, um café da manhã, para partilhar. Também com os padres, que com certeza, também sairão cedo, talvez não tiveram como fazer alguma coisa. Então nós acolhemos também dessa forma servindo café da manhã partilhando com todos que estiverem chegando”, finaliza a voluntária da Pascom.
 

Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade