DATA DE PUBLICAÇÃO: 24/02/2020
- Diminuir + Aumentar

II Marcha contra o Trabalho Infantil no dia 1º de março

Fotos: Flickr Marcha de Belém Contra o Trabalho Infantil.
 
No dia 1º de março de 2020 (domingo) será realizada a II Marcha de Belém contra o Trabalho Infantil, a partir de 7h30 da manhã, com saída da Praça Pedro Teixeira (Escadinha da Estação das Docas) e percorrerá algumas ruas da capital paraense até o Largo do Redondo, localizado na Av. Nazaré com a Travessa Quintino Bocaiúva, em Nazaré.
 
A II Marcha de Belém contra o Trabalho Infantil visa reafirmar o compromisso coletivo de todos os parceiros, voluntários e apoiadores da Comissão do Tribunal Regional do Trabalho da Oitava Região na luta por um Brasil sem trabalho infantil. O evento é uma iniciativa da Justiça do Trabalho da Oitava Região por meio da Comissão de Combate ao Trabalho Infantil e Estímulo à Aprendizagem em parceira com o Ministério do Trabalho (MPT) e com o Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil.
 
A desembargadora Zuíla Dutra, coordenadora regional Comissão de Combate ao Trabalho Infantil, explica que a primeira edição da Marcha realizada em 2015 foi um momento forte de conscientização e a partir daí várias outras ações foram desenvolvidas.“Em primeiro de março de 2015 nós promovemos uma primeira grande marcha que reunimos 30 mil pessoas. A grande marcha foi um momento forte de conscientização da sociedade e de lá pra cá nós continuamos caminhando de outra forma. Nós temos ações permanentes em 25 bairros da grande Belém acompanhando cerca de seis mil adolescentes por meio dos nossos padrinhos cidadãos, que nós temos hoje 70 padrinhos cidadãos, que são voluntários do nosso projeto. E agora como nós percebemos que está havendo um incremento do trabalho infantil nas ruas de Belém, é visível nos sinais crianças e adolescentes vendendo produtos, oferecendo serviços nós decidimos que era hora de promover uma segunda marcha”, detalha a desembargadora.
 
 
A I Marcha ocorreu em 2015 e reuniu cerca de 30 mil pessoas.
 
A primeira marcha foi realizada em 2015 e reuniu cerca de 30 mil pessoas e se concretizou como um ato de afirmação e participação dos cidadãos em prol da infância plena. “‘É melhor trabalhar que roubar, é melhor trabalhar do que ficar na rua’ são mitos que precisam ser superados pela sociedade. É melhor para criança e o adolescente estudar, é melhor para eles brincar com outras crianças, conviver com suas famílias”, a desembargadora  Zuíla Dutra ressalta que o papel da criança é brincar é estudar.
 
A expectativa para a II Marcha de Belém contra o Trabalho Infantil é de cerca de 100 mil pessoas. A programação iniciará às 7h30 na escadinha da Estação das Docas e seguirá pela Avenida Presidente Vargas com destino ao Largo do Redondo, na Avenida Nazaré. 
 
O evento contará com a participação de artistas locais, a atriz paraense Dira Pares, abertura da marcha será com a escola de samba Crias do Curro Velho, além do Arraial do Pavulagem.
 
 “Nós estamos preparando uma programação muito emocionante. Nós teremos, por exemplo, a presença de diversos cantores locais, a presença da atriz Dira Paes. E no final da marcha nós teremos o arraial do pavulagem e outras novidades, que serão apresentadas para que todos possamos viver momentos indescritíveis de emoções e para mostrar para a sociedade paraense e brasileira que aqui em Belém nós queremos construir um Brasil sem trabalho infantil”, finaliza desembargadora Dutra.
 
Serviço:
 
II Marcha de Belém contra o Trabalho Infantil
Data:1º de março de 2020
Horário: 7h30
Local: saída da Escadinha da Estação das Docas

Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade