DATA DE PUBLICAÇÃO: 01/04/2020
- Diminuir + Aumentar

Semana Santa na Arquidiocese de Belém

 

Foto: Luiz Estumano.
 
 Arquidiocese de Belém seguindo as orientações específicas da Santa Sé para a Semana Santa informa sua programação durante este período ao povo de Deus. Todas as celebrações serão realizadas sem a presença do povo de Deus e transmitidas pelos veículos de comunicação da Arquidiocese (TV Nazaré, Rádio Nazaré, Portal Nazaré e redes sociais).
 
No dia 5 de abril, Domingo de Ramos, haverá Santa Missa às 8h30, na Catedral Metropolitana de Belém, presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, de portas fechadas sem a presença do povo de Deus. Prepare seu ambiente em casa e participe deste momento na sua residência com seus familiares. Você pode acompanhar pela TV Nazaré, canal 30.1 ou sintonia de sua cidade, Portal Nazaré, Rádio Nazaré FM (91,3MHz), página no Facebook/FNCBelem e no canal do Youtube:/FNComunicacao.
 
Ainda no domingo, dia 5, o Bispo Auxiliar, Dom Antônio de Assis Ribeiro, preside Santa Missa às 12h, na Capela da Residência Episcopal. Este dia recorda a entrada de Jesus em Jerusalém e manifesta a vinda do Reino que o Messias realizará na Páscoa de sua morte e ressurreição. A celebração dá início a Semana Santa, período em que se recomenda que seja vivido profundamente no recolhimento.
 
Este ano, devido às orientações de saúde, os cristãos são convidados a viver um Domingo de Ramos diferente. Está ocorrendo um movimento na igreja de todo o Brasil para que as famílias possam colocar ramos em lugar de honra em suas casas. Pode-se fixá-los em janelas, portas, portões, ou outras formas de manifestação do que gostaríamos todos de fazer, com a costumeira procissão de Ramos, que não ocorrerá neste ano.
 
Nas Missas transmitidas pela Rede Nazaré, assim como nas Missas de nossas Paróquias, transmitidas pelas redes sociais, haverá a bênção dos Ramos, após a leitura do Evangelho que narra a entrada de Jesus em Jerusalém, logo no início da Missa, no lugar do Ato Penitencial. “Nenhuma casa fique sem a acolhida jubilosa de Jesus, portador de salvação, vida, saúde e liberdade: ‘Bendito o que vem em nome do Senhor!’” Dom Alberto

No período de 6 a 8 de abril haverá transmissão das missas às 12h, direto da residência episcopal, por todos os veículos de comunicação. 
 
A Missa do Crisma, com a renovação dos compromissos dos presbíteros, será realizada na Arquidiocese de Belém no dia 6 de abril (segunda-feira), às 9h, na Catedral da Sé, somente com os presbíteros. São dispensados os padres que fazem parte dos grupos de risco. Todas estas medidas estão sendo seguidas de acordo com a Santa Sé e com as definições da Arquidiocese de Belém, que você pode ler na íntegra a Mensagem Pastoral do Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa.
 
 Na Quinta-Feira Santa, 9 de abril, às 18 será a Missa da Ceia do Senhor com a omissão do lava-pés e sem a participação do povo de Deus. A celebração também estará na grade de programação dos meios de comunicação da Rede Nazaré com transmissão ao vivo. No final da Missa na Ceia do Senhor, omite-se a procissão e o Santíssimo Sacramento seja guardado no Sacrário.
 
 Na Sexta-feira santa, dia 10 de abril, o beijo da Cruz será substituído por adoração solene, como previsto no Missal Romano e todas as procissões (Nosso Senhor dos Passos, Nossa Senhora das Dores e do Senhor Morto) ficam canceladas em todas as Paróquias da Arquidiocese de Belém. Também não haverá o Sermão do Encontro na Praça das Mercês nem o sermão do descendimento da Cruz na Catedral. 
 
Ainda na sexta-feira santa, 10 de abril, às 12h, ocorre o Sermão das Sete Palavras, nas três horas da agonia, na Capela do Colégio Santo Antônio, apenas com a presença do pregador, o cônego Vladian Silva Alves, pároco da Paróquia Santíssima Trindade, e o coral. Os fiéis podem acompanhá-lo devotamente em suas casas. Vale ressaltar que este momento não será aberto ao público.
 
No Sábado santo, dia 11, a Vigília Pascal será celebrada de forma reservada na Catedral, nas sedes das Paróquias, nas Áreas Missionárias e no Carmelo Santa Teresinha. 
 
Para o início da Vigília, não terá acendimento do fogo, acende-se o círio e, omitindo a procissão, segue-se o precônio pascal (texto da Proclamação da Páscoa, proferido pelo celebrante ou Diácono durante a liturgia da Luz em forma de cântico). Na Liturgia da Palavra, será reduzido o número de leituras para o que é previsto como essencial. E para a Liturgia batismal, haverá apenas a renovação das promessas batismais.
 
A Arquidiocese sugere que na noite de Páscoa, cada família providencie uma vela para cada um de seus membros, a fim de participar da renovação dos compromissos batismais. Embora seja uma Semana Santa diferente, celebrada em nossas casas, a celebração será igualmente santa e bem vivida como de costume.

No domingo da Páscoa do Senhor haverá missa às 09h, na Catedral Metropolitana com a presidência do Cônego Roberto Emílio Cavalli Junior e às 12h na Capela da Residência Episcopal presidida pelos Bispos. As celebrações serão transmitidas pelos meios de comunicação da Arquidiocese de Belém. Cada paróquia terá programação e transmissão própria.
 
TRANSMISSÃO
 
Toda programação, será SEM a participação pública. As celebrações presididas por Dom Alberto Taveira Corrêa, Arcebispo Metropolitano de Belém e Dom Antônio de Assis Ribeiro, Bispo Auxiliar, serão transmitidas pelos meios de comunicação da Arquidiocese, (Rádio 91,3 FM, TV Nazaré canal 30.1, Portal Nazaré, bem como as Mídias Sociais da Arquidiocese. As demais paróquias transmitem suas programações por suas próprias mídias.
 
 

Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade