DATA DE PUBLICAÇÃO: 09/04/2020
- Diminuir + Aumentar

Sábado Santo: Vigília de Páscoa às 19h

 

Foto: Arquivo FNC -Luiz Estumano.
 
Vigília é “estado de quem se conserva desperto durante a noite”. Para a Igreja este significado de Vigília complementa-se no sentido especial aos católicos. Pois, a Vigília das Vigílias é celebrada no Sábado Santo, chamado também de Vigília Pascal, momento que antecede o domingo da Ressurreição de Jesus. 
 
A Vigília Pascal a ser celebrada e presidida pelo Arcebispo de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa e o Bispo Auxiliar, Dom Antônio de Assis Ribeiro, às 19h, será transmitida pelos meios de comunicação da Arquidiocese de Belém Rádio 91,3 FM, TV Nazaré canal 30.1, Portal Nazaré, bem como as mídias sociais da Rede Nazaré. As demais paróquias transmitem suas programações por suas próprias mídias. 
 
Das residências fiéis vivenciarão uma Vigília em família, acompanhando o acender-se do Círio, o Precônio Pascal (texto da proclamação da Páscoa), Liturgia da Palavra, Liturgia Batismal (renovação das promessas batismais) e Liturgia Eucarística. 
 
Ao decorrer da celebração será proclamada a palavra do Antigo e Novo Testamento que conta brevemente a história de Cristo, a salvação e os sacramentos. As quatro principais partes da Vigília (Liturgia da Luz, Liturgia da Palavra, Liturgia Batismal e Liturgia Eucarística) recordam a caminhada do povo de Israel e apresenta Jesus como Salvador, o Messias que nos leva à salvação. 
 
Na noite da Vigília, todos os anos são proclamados sete leituras e entoados os sete salmos. Mas este ano, em ocasião da saúde mundial, na Liturgia da Palavra, será reduzido o número de leituras para o que é previsto como essencial. Na celebração do sábado, ocorre todos os anos, o Batismo de crianças, jovens e adultos, entretanto, será feita somente a renovação batismal. 
 
O Círio Pascal é a grande vela acesa que simboliza Cristo Ressuscitado e recorda Jesus, a luz que ilumina a noite da humanidade. A palavra “círio” vem do latim “cereus”, de cera. O Círio Pascal traz inscrita a cruz acompanhada do ano e letras do alfabeto grego Alfa e Ômega, indicando a Páscoa de Jesus. Nossa Luz, Princípio e Fim de tudo e de todos, Senhor do tempo e da história! O Círio Pascal tem em sua cera incrustado cinco cravos de incenso simbolizando as cinco chagas santas e gloriosas do Senhor da Cruz. 
 
As cinco chagas de Cristo: a coroa de espinhos; o prego da mão direita; o prego da mão esquerda; o prego dos pés e o corte feito no lado direito do seu peito. Como recomenda o Missal Romano, ao ser feita a incisão da cruz e dos outros sinais, o sacerdote aplica no círio cinco grãos de incenso, formando uma cruz e dizendo “1.Por sua santas chagas, 2.suas chagas gloriosas, 3.o Cristo Senhor, 4.nos proteja, 5.e nos guarde. Amém”. 
 
Para a celebração da Vigília Pascal, a Igreja recomenda que cada família tenha em casa o Círio Pascal e acompanhe o rito das cinco chagas feito pelo sacerdote. 
 
TRANSMISSÃO 
 
Toda programação, será SEM a participação pública. As celebrações presididas por Dom Alberto Taveira Corrêa, Arcebispo Metropolitano de Belém e Dom Antônio de Assis Ribeiro, Bispo Auxiliar, serão transmitidas pelos meios de comunicação da Arquidiocese Rádio 91,3 FM, TV Nazaré canal 30.1, Portal  Nazaré (www.fundacaonazare.com.br), bem como as Mídias Sociais da Arquidiocese. As demais paróquias transmitem suas programações por suas próprias mídias.
 
 

Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade