DATA DE PUBLICAÇÃO: 29/12/2017
- Diminuir + Aumentar

Um ano para celebrar, diz Arcebispo Dom Alberto Taveira Corrêa

 
Em 2017, a Fundação Nazaré desenvolvu um extenso trabalho de evangelização, tendo à frente as equipes de todos os quatro veículos que sustentam pela Fundação, a ação evangelizadora da  Arquidiocese de Belém. 
Foi um ano de muitas conquistas em meio às dificuldades que também foram inúmeras, contudo, pela graça de Deus, "temos muito mais a celebrar do que contabilizar perdas vindas da tão proplada crise, palavra que esteve em moda neste ano", observou o Presidente da Fundação Nazaré, Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, na do dia 14 de dezembro na capela existente na instituição, confraternização natalina da Arquidiocese de Belém.
 
Missas, aliás, não faltaram na capela, especialmente pela vivência do Ano Mariano instituído pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) para celebrar os 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida, no rio Paraíba do Sul, SP. Em missas mensais na capela, sempre na primeira sexta-feira do mês.
A data das celebrações foi uma escolha estratégica, pois, dessa maneira a Fundação e a Arquidiocese de Belém se inseriram nas comemorações jubilares.
 
As missas ganharam outro significado uma vez que elas também eram importantes para toda a comunidade. Somaram-se a elas, o Grupo Arquidiocesanode Oração Terço dos Homens "Mãe Rainha" (GOTH).
 
As missas celebradas sempre na primeira sexta-feira do mêstambém foram uma maneira da comunidade reverenciar a devoção ao Sagrado Coração de Jesus. Daí, veio também a partcipação do Apostolado da Oração.
Dentre todas as razões para festejar, a Arquidiocese de Belém conferiu às celebrações eucarísticas na capela um caráter muito especial: eram dedicadas com todas as especifidades doutrinais e festivas para a Igreja como uma grande ação de graças pela Família Nazaré, os benfeitores que ajudam com doações mensais a o obra evangelizadora desenvolvida pela Arquidiocese de Belém pelos meios de Comunicação.  
 
Ano do Laicato
 
O Ano do Laicato acena com possibilidades de mais engajamento entre igreja e fiéis. Para o bom êxito do Ano Nacional do Laicato, até 25 de novembro de 2018, as missas na Capela da Fundação Nazaré continuam.
A todos, os nossos votos de Feliz Ano Novo.
 
 
 



2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade