DATA DE PUBLICAÇÃO: 07/06/2019
- Diminuir + Aumentar

Imagem de Santo Antônio vinda de Lisboa a Belém

Foto: Divulgação.
 

A Arquidiocese de Belém recebeu entre os meses de março e junho a imagem peregrina de Santo Antônio, vinda de Lisboa, Portugal. Paróquias, comunidades e instituições com devoção ao santo receberam a imagem peregrina de Santo Antônio, com uma programação bem peculiar, com missas, adorações, terço e trezenas. Em junho, mês da Festa Litúrgica de Santo Antônio, a imagem segue para o seu destino, a Comunidade de Santo Antônio pertencente à Matriz da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, no município de Ourém, no Estado do Pará.

As peregrinações na Arquidiocese de Belém foram possíveis após doação da imagem de Santo Antônio, realizada pela Câmara Municipal de Lisboa e o Patriarcado da Capital Portuguesa, à Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, em Ourém. Neste ano jubilar de celebração dos 300 anos como diocese, toda a Arquidiocese de Belém está comprometida com o reavivamento da animação missionária das paróquias, comunidades, grupos, movimentos, pastorais. A visita tem como objetivo formar e fortalecer a devoção popular, tendo como base a animação comunitária em preparação para as festividades do padroeiro.

Santo Antônio é um dos santos mais populares da Igreja Católica. Em Belém, três paróquias da Arquidiocese são dedicadas ao santo: Santo Antônio de Pádua, no bairro do Coqueiro, Santo Antônio de Lisboa, no bairro de Batista Campos, e a Matriz da Paróquia de Santo Antônio do Tucunduba, no bairro da Terra Firme, além de diversas comunidades. Todas receberam a visita da imagem peregrina de Santo Antônio.

Visitas

A imagem peregrina de Santo Antônio visitou cerca de 30 locais ao longo desses meses. No mês de abril, foram onze visitas que atenderam paróquias e comunidades. A matriz da Paróquia de Santo Antônio de Lisboa, em Batista Campos, foi a primeira a receber a peregrinação da imagem, de 3 a 5, com missas, terço, adoração e visitas às comunidades pertencentes à paróquia. No mês de maio, apenas comunidades pertencentes à paróquias de Belém, com o título de Santo Antônio, receberam a imagem peregrina. A imagem passou pela Diocese de Castanhal, no Município de Santo Antônio do Tauá.

Na terça-feira, dia 4 de junho, a imagem percorreu a Área Missionária Canaã, em Marituba, e, nesse mesmo dia, às 18h30, no município, foi fundada a Comunidade de Santo Antônio, com missa presidida por Dom Antônio de Assis Ribeiro, um dos bispos auxiliares da Arquidiocese de Belém. Ainda, durante a visita, no dia 16 de abril, houve a fundação da Comunidade de Santo Antônio, na Avenida Tucunduba, no bairro da Terra Firme.  A imagem de Santo Antônio foi acolhida na quarta-feira, dia 5, em Ourém, na Colônia do Prata, e em seguida foi conduzida para a Comunidade Santo Antônio, na Vila Tupinambá, pertencente à Paróquia de Nossa da Conceição.

Em entrevista ao Voz de Nazaré, o coordenador do Museu de Lisboa, Pedro Teotónio Pereira, destacou a oferta: “Este tipo de oferta não é habitual. Tratou-se, de fato, de uma resposta excepcional a um pedido especial e que reforça a relação ímpar entre estes dois povos, pois Portugal e Brasil partilham uma devoção popular a Santo Antônio muito particular e com características únicas”.

 



Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade