DATA DE PUBLICAÇÃO: 23/10/2017
- Diminuir + Aumentar

Recírio marca o encerramento da festa de Nazaré 2017

Texto e fotos: Rodrigo Silva/ Portal Nazaré
 
A procissão do Recírio, última das 12 romarias oficiais do Círio de Nazaré, reuniu centenas de devotos na manhã desta segunda-feira, 23, para o encerramento das homenagens à Nossa Senhora de Nazaré. A procissão chegou ao Colégio Gentil Bittencourt por volta das 7h45, após cumprir o trajeto de aproximadamente 700 metros.
 
À frente da procissão iam o Arcebispo de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, que rezava os mistérios gozozos do terço com o povo, os bispos auxiliares, Dom Irineu Roman e Dom Antônio de Assis Ribeiro, o bispo da Prelazia do Xingu, Dom João Muniz Alves, e o bispo de Óbidos, Dom Bernardo Johanes Bahlmann, que concelebraram a Santa Missa, acompanhados pelos diversos sacerdotes da Arquidiocese, diáconos e acólitos.
 
O cortejo saiu do altar central, contornou a Praça Santuário, e seguiu pelas avenidas Nazaré e Magalhães Barata até o Colégio Gentil Bittencourt. A imagem peregrina foi conduzida pelos membros da Diretoria da Festa em um andor ornamentado por Simone Cosme com flores e lírios nas cores rosa e branco. 
 
 
O momento de maior emoção foi na chegada ao pátio do colégio, por volta das 7h45, onde os devotos saudaram a padroeira acenando com lenços brancos e erguendo as mãos aos céus, em forma de súplica e gratidão pelas graças alcançadas. O coral formado pelos guardas de Nazaré entoava cânticos, tornando o momento ainda mais especial. 
 
  Após a procissão, a imagem foi depositada no altar lateral da capela do colégio e os devotos puderam visitá-la para alguns momentos de oração mais particular.
 
 
Santa Missa
 
 
A Santa Missa que antecedeu a procissão iniciou às 7h, na Praça Santuário, que estava lotada de fiéis desde as primeiras horas da manhã. A celebração foi presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, e concelebrada pelos bispos auxiliares, Dom Irineu Roman e Dom Antônio de Assis Ribeiro, o bispo da Prelazia do Xingu, Dom João Muniz Alves, e o bispo de Óbidos, Dom Bernardo Johanes Bahlmann.

Na homilia, o Arcebispo meditou a cena do Evangelho em que o Arcanjo Gabriel saúda a Virgem Maria, dizendo “Ave, cheia de graça! O Senhor é contigo!” (cf. Lucas 1, 28), e destacou que os católicos “têm a Bíblia nos lábios” ao rezar a oração da Ave Maria, pois “a Ave Maria veio da Bíblia; quem ‘inventou’ Maria foi o próprio Deus”, disse.
 
 
E prosseguiu parafraseando São João Paulo II, ao dizer: “O ponto mais alto da Ave Maria é um nome: Jesus. A peregrinação de Nossa Senhora só faz uma coisa, que é nos conduzir a Jesus. Nossa Senhora está peregrinando, e não é mais à casa de Isabel, mas às nossas casas e corações”, afirmou.
 
 

2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade