DATA DE PUBLICAÇÃO: 12/10/2018
- Diminuir + Aumentar

Manto da Imagem Peregrina do Círio 2018 é marcado pela simplicidade

Foto: Luiz Estumano
 
Na última quinta-feira, 11, milhares de devotos lotaram a Basílica Santuário de Nossa Senhora de Nazaré para conhecer o manto que vestirá a Imagem Peregrina de Nossa Senhora durante as romarias do Círio 2018.
 
A Santa Missa foi presidida por Dom Alberto Taveira Corrêa, Arcebispo Metropolitano de Belém e concelebrada pelos Bispos Auxiliares, Dom Irineu Roman e Dom Antônio de Assis Ribeiro e demais padres.
Dom Alberto iniciou sua homilia saudando e acolhendo a todos sob o Manto da Virgem Maria. O Arcebispo refletiu sobre o Sim de Maria e a sua missão: “Se Deus escolheu a Virgem Maria para uma missão, Ele também nos escolheu a todos. Ao escolher cada um de nós Ele nos dá uma missão sem prejudicar e sem desprezar quem quer que seja”, destacou.
 
Por fim, Dom Alberto apresentou uma reflexão de São Bernardo de Claraval sobre Maria. “Ouviste, ó Virgem, que vais conceber e dar à luz um filho, não por obra de homem — tu ouviste — mas do Espírito Santo. O Anjo espera tua resposta: já é tempo de voltar para Deus que o enviou. Também nós, Senhora, miseravelmente esmagados por uma sentença de condenação, esperamos tua palavra de misericórdia...”. 
 
Foto: Salim Wariss
Ao final da celebração iniciou a cerimônia de apresentação do Manto com a Oração do Angelus, recitada pelo Arcebispo de Belém e acompanhada por toda a assembléia. As luzes do Santuário da Rainha da Amazônia se apagaram e a Imagem de Nossa Senhora com o novo manto adentrou a Igreja, conduzida pelo casal coordenador da Diretoria da Festa, Claudio e Lilian Acatauassú até o altar, onde foi acolhida por Dom Alberto.
 
Foto: Salim Wariss
 
Manto 2018
 
O Manto que reveste a Imagem de Nossa Senhora de Nazaré em 2018 foi inspirado na cena da Anunciação do Senhor, momento em que o anjo Gabriel visita a Virgem de Nazaré anunciando a Boa Nova para ser Mãe do Salvador. (Lc 1, 26-38). 
 
A peça é bordada sobre tecido de cetim de seda pura e em sua borda apresenta um desenho em estilo barroco, com linha metálica nas cores prata, ouro, ouro velho e roxo. O bordado do anjo, em cores pastéis, foi feito com linha de seda.
 
O tecido de cetim é totalmente rebordado em pérolas de arroz, vidrilho irisado e miçanga cristal. Realçando o bordado de sua borda, encontramos contas de cristais Swarovski e ametistas.
 
O manto tem quatro peças de metal banhadas em ouro, criadas por Celeste e confeccionadas por Marcelo Monteiro: o Esplendor Divino, o Espírito Santo, o ramo de lírios e a Aliança nova e eterna. O broche, também produzido em metal banhado a ouro, apresenta no fundo um pavê de ametista e as mãos que simbolizam as mãos de Maria, a serva do Senhor.
 
 A peça foi confeccionada pela estilista Khátia Novelino e criado por Celeste Heitman. E é uma doação anônimo de um devoto de Nossa Senhora.
 

Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade