DATA DE PUBLICAÇÃO: 06/10/2017
- Diminuir + Aumentar

Traslado para Ananindeua já está nas ruas

Texto e fotos: Rodrigo Silva
 
Teve início na manhã desta sexta (6) o traslado para Marituba e Ananindeua, primeira das romarias oficias do Círio de Nazaré, que conduz a imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré da Basílica Santuário até a Matriz de Nossa Senhora das Graças. O carro com a berlinda saiu da Basílica pouco depois das 8h, acompanhada por romeiros a pé, correndo e de bicicleta.
 
A missa de saída do traslado foi presidida pelo Bispo Auxiliar de Belém, Dom Antônio de Assis Ribeiro, e concelebrada pelos diversos sacerdotes e diáconos do clero arquidiocesano. Na homilia, o prelado explanou o Evangelho segundo São Lucas 1, 26-38, que narra o encontro de Maria, que estava grávida de Jesus, com a prima Isabel, grávida de João Batista. Na reflexão, Dom Antônio percorreu um roteiro abordando a experiência da gravidez da Virgem Maria, que gerou nela três atitudes: a sensibilidade, a caridade, que a fez ir ao encontro de Isabel, e a alegria com a qual se colocou a serviço da prima nos últimos meses da gravidez, e associou a necessidade que o cristão tem de gerar Cristo na alma e deixá-Lo crescer e se desenvolver.
 
“Fazer Cristo crescer em nós: essa é, de fato, a experiência mais extraordinária, fundamental e essencial para que sejamos discípulos de Cristo, e esta é uma ação do Espírito Santo, para a qual precisamos nos predispor”, explicou.
 
O bispo também alertou para que não vivamos uma fé meramente devocional. “Cuidado para não ficar só nas procissões, nos fogos ou olhando os carros de milagres passarem. Se Jesus não se desenvolve em nós, não estamos fazendo o necessário, ficamos apenas com uma idéia de Jesus, e somos chamados a fazer a experiência de gerar Cristo”, advertiu.
 
 
Do lado de fora da Basílica, uma multidão já aguardava a saída do cortejo, entre os quais muitos romeiros do interior do Estado, que vieram caminhando até a capital. A professora Maria do Socorro faz o percurso, há 14 anos, com o esposo, depois foram se juntando outros devotos e há 8 anos, o grupo “Guiados por Maria” sai de Salinópolis, faz uma pequena parada em Castanhal, e caminha cerca de 82km até a Basílica Santuário de Nazaré, onde juntos agradecem pelas graças alcançadas. “Há duas semanas tive um pico de pressão, e Nossa Senhora interviu. Hoje quero agradecer por essa grande glória”, declarou emocionada.  
 
Pelo segundo ano consecutivo, a devota Sandra Aleixo, caminha com o grupo. Ela revelou que passou por dificuldades, mas a fé a ajudou a superar. “Vivi um ano de muitas turbulências, mas quando pensei que a graça de que precisava estava distante, Nossa Senhora intercedeu, e hoje estou aqui agradecendo”, afirmou. 
 
Poucos minutos depois das 8 da manhã, a imagem peregrina deixou a Basílica, e foi conduzida ao carro da Polícia Rodoviária Federal, onde foi instalada uma réplica da berlinda, ornamentada com rosas em diferentes tonalidades de verde por Paulo Morelli. Atrás do carro, seguiram a Diretoria da Festa, a Guarda de Nazaré, e os devotos, que de bicicleta, correndo, e a pé, encontram um meio de homenagear a padroeira.
 
A previsão de chegada na paróquia Nossa Senhora das Graças é por volta das 20h, onde Dom Leonardo Ulrich Steiner, Bispo Auxiliar de Brasília e Secretário Geral da CNBB, irá celebrar a Santa Missa, e os fiéis ficarão em vigília durante toda a madrugada.  
 
.: Para mais informações sobre o Círio de Nazaré, clique aqui
 

Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade