DATA DE PUBLICAÇÃO: 07/10/2017
- Diminuir + Aumentar

Missa e Romaria Fluvial marcaram a manhã deste sábado, 7

Texto e fotos: Rodrigo Silva / Portal Nazaré
 
A Romaria Fluvial, terceira das romarias oficiais da festa de Nazaré, teve início após a missa presidida pelo Bispo Auxiliar de Belém, Dom Irineu Roman, e concelebrada pelos padres Agostinho Cruz e Plínio Pacheco, no trapiche de Icoaraci, região metropolitana de Belém. 
 
O dia ainda não havia amanhecido, e a movimentação na orla de Icoaraci já era intensa entre os devotos que se preparavam para a celebração que acolhe a imagem peregrina da Virgem de Nazaré. 
 
A professora Cleide Moreira mora atualmente no município de Curuçá, e veio a Belém passar o domingo do Círio com a família. Eles saíram de casa por volta das 5h30 para garantir um lugar perto do palco onde seria a missa. “É uma experiência nova, pois é a primeira vez que participo desse momento, e vim agradecer pela minha vida e família. É um momento muito esperado por todos, e estou feliz por vivermos juntos a fé”, disse.
 
 A enfermeira Laís Moreira, filha de Cleide, tem um motivo a mais para agradecer este ano. “Depois de muita espera, fui agraciada com a gravidez, e eu e meu esposo ficamos muito surpresos. Agradeço a Nossa Senhora, e ano que vem o Rafael já vai estar vestido de anjinho participando do Círio”, afirmou.
 
A matriarca da família, Maria das Graças Moreira, também expressou gratidão. “Agradeço muito a Deus por tudo, vale muito a pena fazer todo o esforço pra estar aqui, e amanhã irei acompanhar o Círio desde cedo”, contou.
 
 
Na Santa Missa, Dom Irineu Roman iniciou a homilia relembrando Dom Vicente Zico, saudoso arcebispo emérito de Belém falecido em 2015, que todos os anos “com retórica e maestria preparava os devotos para a Romaria Fluvial.”
 
E prosseguiu falando sobre o título de Nossa Senhora do Rosário, comemorado hoje (8) no calendário litúrgico oficial. “Nestes dias tão especiais do Círio de Nazaré, não podemos esquecer do rosário, que é uma arma poderosa para vencer os obstáculos no tempo presente, para que possamos alcançar a vitória contra os males, contra os nossos males interiores.”
 
 
Após a bênção final, os fiéis entoaram cantos de louvor para aguardar a chegada da imagem peregrina. Pouco antes das 9h, a peregrina chegou ao palco onde foi celebrada a Santa Missa, conduzida pelas mãos de Dom Antônio de Assis Ribeiro. Dom Alberto Taveira Corrêa concedeu a bênção e levou a imagem até o navio Garnier Sampaio para oficialmente dar início a Romaria Fluvial. 
 
.: Para mais informações sobre o Círio de Nazaré, clique aqui
 

Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade