DATA DE PUBLICAÇÃO: 09/11/2017
- Diminuir + Aumentar

Assembléia Arquidiocesana de Pastoral iniciou nesta quinta-feira (9)

Fotos: Luiz Estumano
 
Teve início na manhã desta quinta-feira (9) na residência episcopal, a 9° Assembléia Arquidiocesana de Pastoral. O Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, se reuniu com os Bispos Auxiliares e o Conselho Episcopal para traçar os eixos temáticos que serão debatidos no dia 15, ponto culminante da Assembléia. 
 
A reunião teve início às 8h30 e contou com a participação dos Bispos Auxiliares, Dom Irineu Roman e Dom Antônio de Assis Ribeiro, do Vigário Geral da Arquidiocese, Monsenhor Marcelino Ferreira, do Vigário Geral para a Pastoral, Monsenhor Raimundo Possidônio da Mata, e dos vigários das regiões episcopais. 
 
De acordo com o Bispo Auxiliar, Dom Antônio de Assis Ribeiro, a reunião “faz parte de um grande processo de preparação que iniciou no ano passado. Estamos estudando o relatório de 27 páginas preparado pelas paróquias, movimentos, pastorais e novas comunidades, para ver as perspectivas concretas que iremos levar para a Assembléia, que irá definir as linhas de ação da Arquidiocese para os próximos anos", explicou.
 
"Estamos identificando eixos temáticos como, por exemplo, a formação, a missionariedade e a comunhão, a partir dos quais irão surgir linhas de ação específicas", disse Dom Antônio. 
 
O Bispo também convidou os fiéis para que se unam à assembléia através da oração. "Todos podem participar da assembléia, e a forma mais direta é pedir ao Espírito Santo, que move a Igreja, para que as decisões possam ser claras, resposta aos problemas e venham a ser concretizadas", concluiu.
 
 
Programação
 
A programação segue com assembléia da coordenação arquidiocesana de pastoral no dia 10. No sábado (11) a reunião será com a Vida Religiosa, no Colégio Marista Nossa Senhora de Nazaré, a partir das 14h30. Na segunda-feira, 13, a reunião será com o Conselho Presbiteral. No dia 14 (terça-feira) a reunião será direcionada ao clero local.
 
O ponto principal da Assembléia será na quinta-feira (15) no Centro de Cultura e Formação Cristã (CCFC) com participação de todo o povo de Deus, a partir das 7h e encerrando às 16h.
 
Confira os detalhes da programação:
 
7 às 8h - Acolhida e Credenciamento
8h - Oração de abertura
8h30 - Composição da mesa (presidência, coordenação e secretaria) 
8h40 - Abertura com o Arcebispo Metropolitano, Dom Alberto Taveira Corrêa
9h30 - Reações companhia Assembléia - fila do povo
10h - Intervalo
10h30 - Trabalho de grupos (6 grupos formados por 22 pessoas) 
11h - Intervalo para almoço e descanso
13h30 - Plenária com apresentação das proposições dos grupos; debates; aprovação
15h30 - Intervalo para lanche
16h - Santa Missa e abertura do Ano do Laicato
 
 
Etapas
 
Desde o lançamento da Assembléia Arquidiocesana de Pastoral, em novembro de 2016, a coordenação realizou trabalhos divididos em três etapas:
 
Paroquial, Regiões Episcopais e Dimensões Pastorais (que envolve pastorais, movimentos e comunidades) para saber quais os aspectos positivos, os problemas e desafios a serem superados.
 
A primeira etapa foi de âmbito paroquial realizada de novembro de 2016 a abril de 2017, onde os párocos das 87 paróquias convocaram Assembléias que resultaram em avaliações e elaboração de um relatório. Ao final, houve a escolha de três representantes leigos para a Assembléia da Região Episcopal.
 
A segunda etapa foi realizada nas Regiões Episcopais, entre os meses de maio e junho, onde cada Vigário Episcopal formou uma equipe de coordenação com a participação dos párocos das respectivas Regiões Episcopais e os três representantes leigos escolhidos na primeira etapa. Juntos eles elaboraram um relatório para a Assembléia Arquidiocesana (de 9 a 15 de novembro) e escolheram os representantes da Região Episcopal.
 
A terceira etapa foi realizada com as Dimensões Pastorais (pastorais, movimentos e comunidades) no mês de junho, cada uma das Dimensões avaliou as atividades e gerou um relatório. Por fim houve a escolha de dois representantes para a Assembléia das Dimensões Pastorais, a partir da qual foi preparado um relatório e escolhida uma pessoa como representante para compor o grupo que participaria da Assembléia Arquidiocesana.
 
Do documento final da Assembléia também serão retiradas as orientações pastorais para o Sínodo Arquidiocesano que será realizado em 2019.
 
Texto: Rodrigo Silva, com informações da Ascom - Arquidiocese de Belém
 
 

Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade