DATA DE PUBLICAÇÃO: 11/11/2017
- Diminuir + Aumentar

Assembléia Arquidiocesana reuniu representantes da Vida Religiosa neste sábado, 11

Fotos: Rodrigo Silva
 
A 3ª sessão da Assembléia Arquidiocesana de Pastoral teve início às 15h deste sábado (11) no Colégio Marista Nossa Senhora de Nazaré e reuniu representantes da Vida Religiosa e consagrada dos diversos institutos e congregações presentes na Arquidiocese de Belém. Os pontos principais da reunião serão levados para a grande plenária da Assembléia, no dia 15 de novembro. 
 
A mesa foi composta pelo Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, os Bispos Auxiliares, Dom Irineu Roman e Dom Antônio de Assis Ribeiro, e o Vigário Episcopal para a Vida Consagrada, Frei Alessandro Dias. O Vigário Geral para a Pastoral, Monsenhor Raimundo Possidônio da Mata, iniciou as atividades da Assembléia explicando o documento de trabalho, elaborado a partir do relatório que reúne os resultados das assembléias regionais com as dimensões pastorais da Arquidiocese. 
 
 
Em seguida, os participantes se dividiram em 6 grupos com eixos temáticos a serem discutidos e aprofundados. A coordenadora do CRB Belém, Irmã Marlúcia da Costa, esclareceu sobre cada grupo. “Os eixos são as palavras-chave que vão orientar toda a ação pastoral da Igreja, mas tudo converge para a missão e a evangelização, que são motivos de existir da Igreja, que envolve a formação, comunicação e pastoral de conjunto, expressão de que estamos seguindo a Jesus”, explicou.
 
O Bispo Auxiliar de Belém, Dom Irineu Roman, destacou a colaboração da Vida Religiosa na Assembléia. “Todas as congregações, ordens e novas comunidades com sua caminhada, visão e carisma vão poder contribuir para enriquecer o plano de pastoral da Arquidiocese”.
 
 
O Vigário Episcopal para a Vida Consagrada, Frei Alessandro Dias, OAR, declarou que “estar aqui é fundamental para que possamos nos envolver na caminhada da Igreja”.
 
E definiu como ‘delicadeza’ o fato de a Arquidiocese convocar os religiosos e religiosas para a Assembléia. “É como se a Arquidiocese dissesse ‘Nós contamos com a vida consagrada para a construção desta igreja local’”, concluiu.
 
A Assembléia Arquidiocesana de Pastoral segue até o dia 15 de novembro (quarta-feira) quando será realizada intensa programação com a presença dos representantes de todos os movimentos, pastorais, serviços, novas comunidades da Arquidiocese a partir das 7h no Centro de Cultura e Formação Cristã da Arquidiocese (CCFC).
 
O resultado da Assembléia será a elaboração do plano de pastoral para os próximos anos, além do documento que irá nortear o Sínodo Arquidiocesano em celebração aos 300 anos de criação da Diocese, programado para o ano de 2019.
 
 
 

Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade