DATA DE PUBLICAÇÃO: 12/12/2017
- Diminuir + Aumentar

Nossa Senhora de Guadalupe, padroeira da América Latina

 
 
Nossa Senhora de Guadalupe é a Padroeira da América Latina, celebrada em caráter de solenidade no dia 12 de dezembro de cada ano. Tradicionalmente neste dia, o Santo Padre preside uma Missa na Basílica de São Pedro em intenção de oração por todos os povos da América Latina.Na língua asteca, o nome Guadalupe significa Perfeitíssima Virgem que esmaga a deusa de pedra.
 
Os Astecas adoravam uma monstruosa deusa, a quem eram oferecidas vidas humanas em holocausto. Nossa Senhora de Guadalupe, porém, veio para acabar com essa idolatria e mudar a vida daquele povo sofrido.
 
Conta a história que estava o índio Juan Diego no campo. Ele sofria por causa da grave enfermidade de seu tio a quem muito amava. Juan rezava por seu tio, quando teve a visão de uma mulher com um manto todo reluzente. Ela o chamou pelo nome e disse: "Juan Diego, não deixe o seu coração perturbado. Eu não estou aqui? Não temas esta enfermidade ou angústia".
 
A Senhora pediu, então, que o índio fosse revelar sua mensagem ao Bispo local, a mensagem de que Ela iria acabar com a serpente de pedra, e que o povo do México iria parar com os holocaustos e se converter a Jesus Cristo.
 
Além disso, deveria ser construída uma Igreja no local das aparições. Por sua vez, o bispo não acreditou, mas pediu um sinal à Senhora para provar a veracidade da história.
 
Quando Juan Diego voltou para o campo, Nossa Senhora apareceu novamente. Juan contou sobre a desconfiança do Bispo.
 
Maria, sorrindo, pediu a Juan Diego que subisse ao monte e enchesse o poncho (veste tradicional da região) com flores. Era inverno. A neve recobria os campos. Naquela época, não nasciam flores naquela região do México. Juan Diego sabia disso. Porém, mesmo assim obedeceu. Chegando ao alto do monte, em meio à neve, ele achou uma grande quantidade de flores de grande beleza. Ele apanhou muitas flores, encheu o poncho e foi levá-las ao Bispo.
 
Com dificuldade Juan Diego foi recebido pelo Bispo. Ele tinha seu poncho, ou sua Tilma, dobrado cheio de rosas. Então, ele abriu a tilma e as flores caíram no chão. Quando o Bispo viu, ainda não acreditou. Então, para espanto de todos, estava estampada a bela imagem de Nossa Senhora de Guadalupe.
 
Desse momento em diante, tudo mudou. O fato causou grande comoção em todo o povo mexicano. Logo foi construída uma grande Igreja no local indicado por Nossa Senhora, e o poncho de Juan Diego com a imagem de Nossa Senhora de Guadalupe impressa foi levado para ser venerado. Em 1979, o Papa João Paulo II consagrou Nossa Senhora de Guadalupe como Padroeira Principal da América Latina.
 
 
 

Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade