DATA DE PUBLICAÇÃO: 09/04/2018
- Diminuir + Aumentar

Em Nazaré, fiéis se reúnem para Solenidade da Anunciação

 
 
A Basílica da Anunciação, em Nazaré, reuniu fiéis nesta segunda-feira, 9, para a Missa em celebração à Solenidade da Anunciação, em que se festeja o anúncio da Encarnação do Filho de Deus. A festividade é comemorada em 25 de março, mas neste ano, como coincidiu com o Domingo de Ramos, foi transferida para a segunda-feira após a Oitava da Páscoa.
 
“Para nós é uma grande alegria celebrar a Anunciação aqui em Nazaré, onde Maria Santíssima recebeu o anúncio do Anjo e disse o seu ‘sim’. Aquele ‘sim’ humano, que abriu as portas para o Divino na humanidade, que é a encarnação do Verbo”, disse o Guardião da Basílica da Anunciação, Frei Bruno Varriano, ofm.
 
As festividades começaram neste domingo, 8, com o ingresso solene na Basílica da Anunciação do administrador apostólico do Patriarcado Latino de Jerusalém, Dom Pierbattista Pizzaballa, que presidiu a Missa de hoje. Ontem houve ainda a oração das vésperas e vigília de adoração na Gruta da Anunciação.
 
“Maria disse ‘sim’ ao projeto que não conhecia e não tinha a menor ideia sobre o futuro. Ela confiou em um projeto que não era seu, mas do qual ela fazia parte. Isso significa que nós precisamos também ter fé e trabalhar pelo projeto de Deus no mundo”, declarou Dom Pizzaballa.
 
A celebração contou com a presença do Custódio da Terra Santa, frei Francesco Patton; do Bispo emérito do Patriarcado, Dom Kamal Bathish; e do arcebispo emérito de Trento, Dom Luigi Bressan, que está contribuindo com a restauração da Gruta da Anunciação. Um trabalho minucioso e especial, porque foi justamente ali que o Verbo se fez carne.
 
“Nós vimos que era muito necessário dar um apoio para restaurar e preservar este lugar único para toda a humanidade. Daquele momento em diante, a história da humanidade mudou. Aqui Deus se fez homem e aqui Maria disse o ‘sim’ à sua missão”, comentou Dom Luigi.
 
Em Nazaré estão a chamada “fonte de Maria” onde, segundo a tradição, a Virgem Maria buscava água. Também lá estão as ruínas do que seria a cozinha da casa de seus pais e a parte da casa em que a história da humanidade foi transformada: a gruta na qual o anjo anunciou que ela seria a Mãe do Salvador.
 
 
 
 

Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade