DATA DE PUBLICAÇÃO: 03/09/2018
- Diminuir + Aumentar

24ª edição do Grito dos (as) Excluídos (as) debate a desigualdade e violência

 
 
Será realizada na próxima sexta-feira (7) a 24ª edição do Grito dos (as) Excluídos (as). Com o tema “Desigualdade gera violência. Basta de privilégios”, a concentração da marcha será na Basílica Santuário de Nazaré a partir das 8h.
 
A edição deste ano traz para discussão sete eixos, incluindo democratização da comunicação, direitos básicos, “Estado fomentador de violência”, participação política e emancipação popular, unir generosos/as nas ruas como “espaços de convivência e uso coletivo” e ecologia integral. De acordo com a organização, “não basta um aumento quantitativo das riquezas, e sim de um ‘desenvolvimento integral’, onde a qualidade se mede pelo respeito à dignidade da pessoa humana e aos seus direitos fundamentais”.
 
Por isso, o Grito dos/as Excluídos/as “convida os brasileiros e brasileiras a um patriotismo crítico e, ao mesmo tempo, ativo e comprometido, onde a participação popular possa fluir através de novos canais e novos instrumentos de organização e de luta”. 
 
O Grito dos (as) Excluídos (as) é promovido pelo coletivo composto pelas pastorais sociais da CNBB, movimentos populares em luta pela democracia, entidades populares e militantes sociais.
 
História
 
De acordo com o site oficial do Grito, a mobilização ocorre desde 1995, sempre no dia sete de setembro. "É o dia da comemoração da independência do Brasil. Nada melhor do que esta data para refletir sobre a soberania nacional, que é o eixo central das mobilizações do Grito".
 
"Nesta perspectiva, o Grito se propõe a superar um patriotismo passivo em vista de uma cidadania ativa e de participação, colaborando na construção de uma nova sociedade, justa, solidária, plural e fraterna. O Dia da Pátria, além de um dia de festa e celebração, vai se tornando também em um dia de consciência política de luta por uma nova ordem nacional e mundial. É um dia de sair às ruas, comemorar, refletir, reivindicar e lutar. O Grito é um processo que compreende um tempo de preparação e pré-mobilização, seguido de compromissos concretos que dão continuidade às atividades".
 
.: Acesse o site oficial da mobilização
 
Serviço:

24º Grito dos (as) Excluídos (as)
Data: 7 de setembro de 2018
Hora: 8h
Local: concentração na Basílica Santuário de Nazaré
 
 

Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade