DATA DE PUBLICAÇÃO: 24/12/2018
- Diminuir + Aumentar

Município de Bragança homenageia São Benedito

Foto: Luiz Estumano
 
Dezembro no município de Bragança, na região nordeste paraense, é sinônimo de festa em honra ao glorioso São Benedito. Desde o início do mês, o município realiza homenagens ao padroeiro com o tema “A exemplo de São Benedito sejamos verdadeiros cristãos”.
 
 Na última terça-feira, 18, ocorreu a abertura da festividade com várias programações que se estendem até o dia 26. A programação segue com celebração eucarística e novena a São Benedito diariamente, sempre às 19h30, até o dia 25 de dezembro. Após as missas terá uma programação cultural com atrações musicais regionais.
 
Durante a festa também acontecerão os ensaios para os marujos e as marujas, no Barracão da Marujada, no Largo de São Benedito. No dia 24, véspera de Natal, ocorrerá a Ladainha com as Comissões de Esmolações de São Benedito, na Igreja de São Benedito, às 19h30, e em seguida, o sétimo dia da novena ao padroeiro. O ensaio geral encerra a noite, às 20h30, no Largo de São Benedito. A Esmolação é um conjunto de atos religiosos realizados por comitivas de esmoleiros que percorrem regiões, colônias e campos próximos a Bragança e em outros municípios para arrecadar esmolas e ofertas para a festividade. Na maioria das vezes, este ato é a única presença religiosa nos locais visitados.
 
No dia de Natal, 25 de dezembro, as atividades iniciam às 8h com Ladainha com as Comissões de Esmolações de São Benedito e às 12h será oferecido um almoço pelo juiz da Festividade, Mário Ribeiro da Silva Júnior encerrando a programação pela manhã. 
 
A partir das 15h começa a Cavalhada, no Campo de Aviação Santos Dumont. A Cavalhada é uma disputa entre cavaleiros em suas montarias para conseguir arrecadar q maior quantidade de argolas, em azul e vermelho. Faz parte da programação da festividade e destaca-se pelo seu cunho religioso por fazer memória às batalhas medievais realizadas entre cristãos e mouros por territórios sagrados.
 
Após a Cavalhada, programação segue com celebração eucarística, novena e atrações culturais. Neste dia, a Marujada se veste com traje azul e branco, em homenagem ao Menino Jesus e ao longo do dia ocorre apresentações.
 
O dia 26 de dezembro, data dedicada ao Padroeiro em Bragança, é uma ocasião que movimenta todo o município desde cedo com várias programações.  Pela manhã, às 7h, será realizada Missa Solene presidida por Dom Jesus Maria Cizaurre Berdonces, Bispo da Diocese de Bragança, no Largo de São Benedito. 
 
Após a celebração, haverá a arrumação e decoração da Imagem do Glorioso São Benedito do Andor e em seguida começara o leilão da Festa, no salão Beneditino, sob a responsabilidade da Diretoria da Festividade e às 15h30 terá início louvação ao padroeiro.
 
Neste dia, a Marujada se caracteriza com trajes em vermelho e branco, em homenagem ao Glorioso São Benedito. E o ponto alto da festa ocorre, a partir das 16h, a procissão solene com a Imagem do padroeiro, que percorrerá o Largo de São Benedito, Avenida Visconde do Rio Branco, Travessa Senador José Pinheiro, Avenida Visconde de Sousa Franco, Praça da República, Alameda Leandro Ribeiro, Travessa Coronel Antônio Pedro, Praça da Bandeira, Avenida Nazeazeno Ferreira, Travessa Dom Pedro I, e Rua Pinheiro Júnior e retornará ao Largo, onde será realizada Missa Campal.
 
Ainda no dia 26 acontecerá a apresentação da Marujada, no Teatro Museu da Marujada e encerramento da festividade com dança da Marujada no entorno da Igreja de São Benedito.
 
Histórico
 
A Irmandade do Glorioso São Benedito foi criada em 03 de setembro de 1798, por iniciativa de escravos presentes na Vila de Bragança, conseqüentemente nasceu a Marujada e a festividade em honra ao santo. 
 
A Marujada é um movimento religioso, histórico e folclórico do nordeste do Estado do Pará. E possui uma hierarquia bem definida entre homens e mulheres, colocando a figura feminina em evidência durante toda a festividade, com destaque para a capitoa, uma função vitalícia e que comanda todas as outras marujas. 
 
No dia de Natal, as mulheres usam roupas na cor azul para homenagear o Menino Deus e no dia de São Benedito, 26 de dezembro, elas usam o traje oficial vermelho com os seus chapéus turbantes de penas brancas, aba dourada, pequenas flores vermelhas e enfeites dourador em torno finalizando com várias fitas coloridas.
 
Procissão
 
A procissão acontece no dia 26 de dezembro, data dedicada ao padroeiro em Bragança, e é o ponto alto da festividade. A procissão é composta por sete elementos: o cruciferário (que carrega a cruz), os estandartes (em torno de seis em tons vermelho e branco com a insígnia de São Benedito e o Menino), filas de marujos e marujas, carro som, autoridades, andor com a imagem de São Benedito e o povo em geral.
 
Indumentária
 
As marujas usam uma blusa branca, com pregas e rendas e a saia vermelha ou azul com ramos nas mesmas cores. A tiracolo há uma fita vermelha ou azul e no peito levam uma rosa vermelha ou azul. 
Na cabeça, elas ostentam o famoso chapéu, feito com plumas e penas brancas e fitas coloridas, a aba com papel dourado.
 
Os homens usam camisas e calças brancas, chapéu de palha e de carnaúba, que é revestido de pano e com a aba virada e fixada em um dos lados com uma flor produzida de papel em vermelho ou azul, conforme a saia da maruja. No braço esquerdo, amarra-se uma fita com um laço.
 
Serviço: 
 
Marujada
Data: 26 de dezembro de 2018
Local: Bragança
 
 
 

Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade