DATA DE PUBLICAÇÃO: 06/03/2019
- Diminuir + Aumentar

Arcebispo de Belém fala sobre a abertura da Campanha da Fraternidade 2019

Foto: Luiz Estumano
 
Nesta quarta-feira, 6, Dom Alberto Taveira Corrêa, Arcebispo Metropolitano de Belém e Monsenhor Raimundo Possidônio da Mata, Vigário Geral para Pastoral da Arquidiocese de Belém anunciaram, em entrevista coletiva à imprensa, como ocorrerá a Campanha da Fraternidade 2019 na Arquidiocese de Belém, com abertura no dia 9 de março, às 8h, em Mosqueiro.
 
A Campanha da Fraternidade 2019 aborda o tema “Fraternidade e Políticas Públicas” e o lema “Serás libertado pelo direito e pela justiça” (Is 1,27) com o objetivo de estimular a participação da sociedade em Políticas Públicas para o Bem Comum. As políticas públicas consistem em ações da Nação, estados e municípios em prol da sociedade previstas na Constituição e em outras leis. 
 
O Arcebispo de Belém explica que os temas das campanhas da fraternidade são escolhidos a partir de realidades vividas pela sociedade. A partir do tema deste ano, Dom Alberto explica o objetivo e a atuação da Arquidiocese de Belém. “Nós queremos contribuir com a sociedade. Desejamos ajudar para que o nosso mundo seja mais fraterno”.
 
O lançamento nacional da Campanha da Fraternidade 2019 foi realizada na manhã desta quarta-feira, 6, em Brasília. Na Arquidiocese de Belém, a abertura ocorrerá no próximo sábado, 9 de março, a partir das 8h, com caminhada e celebração eucarística, na Ilha de Mosqueiro, distrito de Belém. 
 
A programação iniciará às 8h, com concentração na confluência das Ruas 16 de novembro – 15 de novembro e José Mota (trevo) saindo em caminhada para a Praça Matriz, onde será realizada santa missa na chegada da caminhada. Monsenhor Raimundo Possidônio explica que durante a caminhada ocorrerão paradas para refletir sobre a realidade local e gestos concretos da CF.
 
A cada ano, a Arquidiocese escolhe um local diferente para a abertura da CF com o objetivo de estar presente em todas as áreas que a englobam. Este ano, a escolha da Ilha de Mosqueiro para a abertura se deu a partir de sua realidade, que reflete a vivência das ilhas e dos ribeirinhos, como explica o Arcebispo de Belém: “Queremos estar presente em todas as áreas da Arquidiocese. Mosqueiro é a maior ilha que nós temos, então nós queremos que também as pessoas que vivam ali estejam envolvidas neste tema da Campanha da Fraternidade”. 
 
A partir da abertura, os católicos são convidados a refletirem e aprofundar seus conhecimentos sobre o tema em suas realidades, como explica o Vigário Geral: “A partir deste lançamento, as paróquias agora começam a trabalhar o tema fazendo um pouco também do que nós fizemos: formação em nível paroquial e nível da região episcopal e nesse processo fazer tentar que as pessoas que estão nos bairros, nas paróquias procurem, por exemplo, os conselhos comunitários, procurem a participação nessa realidade que o próprio Estado oferece”.
 
A Arquidiocese de Belém realizou, entre os meses de janeiro e fevereiro, formações sobre o tema da CF 2019 nas sete regiões episcopais com o objetivo de conscientizar e formar agentes multiplicadores da CF nas paróquias, novas comunidades, movimentos e pastorais. Monsenhor Raimundo Possidônio destaca a importância dessas formações para a conscientização dos problemas do entorno e da verificação da ausência de políticas públicas. 
 
Serviço:
 
Abertura da CF 2019
Data: 09 de março de 2019
Horário: 8h
Local: Ilha de Mosqueiro
 
 

Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade