DATA DE PUBLICAÇÃO: 30/04/2019
- Diminuir + Aumentar

57º Assembleia Geral dos Bispos do Brasil inicia no dia 1º de maio

 
 

No período de 1º a 10 de maio ocorre a 57ª Assembleia Geral (AG) dos Bispos do Brasil, no Centro de Eventos Padre Victor Coelho de Almeida, no Santuário Nacional de Aparecida, em São Paulo. A abertura oficial será às 7h30, com Santa Missa, no Santuário Nacional. E a cerimônia de instalação será no mesmo dia, às 9h15, no auditório e será aberta à imprensa.


Em 2019, a Assembleia tem a tarefa central de atualizar as Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora (DGAE) da Igreja no Brasil para o quadriênio de 2019 a 2023. De acordo como estatuto da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) podem participar os 323 bispos na ativa, os 171 bispos eméritos e representantes de organismos e pastorais da Igreja. A Arquidiocese de Belém estará presente com a participação de Dom Alberto Taveira Corrêa, Arcebispo Metropolitano de Belém e vice-presidente do Regional Norte 2; Dom Irineu Roman Bispo Auxiliar e secretário  e o Bispo Auxiliar, Dom Antônio de Assis Ribeiro.


 A versão que os bispos aprovarão na 57ª AG, produzida inicialmente pela Comissão Especial sobre a atualização das Diretrizes da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (DGAE) 2019/2023, foi objeto de sugestões e emendas dos órgãos da CNBB, como seu Conselho Permanente, dos bispos, dos organismos e pastorais da Igreja no Brasil. Sua atualização teve início ainda na 56ª AG do ano passado quando os bispos apontaram as primeiras sugestões.


As diretrizes que serão aprovadas pelos bispos estão estruturadas a partir da imagem da comunidade cristã como “casa”. Como eixo principal está a Comunidade Eclesial Missionária, sustentada pelos seguintes “quatro pilares”: Palavrão, Pão, Caridade e Missão.


O texto está estruturado em quatro partes. A primeira, que inclui a introdução e o primeiro capítulo, aprofunda os rumos da Igreja no mundo urbano dos dias de hoje. O segundo capitulo destina-se a aprofundar o olhar dos discípulos  missionários e o terceiro capítulo aborda a ideia-força da Igreja nas casas. E o quarto e último capítulo  é constituído pelos indicadores que apontam sobre qual que maneira a Igreja em missão no Brasil pode estar presente da melhor forma possível neste novo mundo urbano.


A 57ª Assembleia Geral (AG) também tem o desafio de eleger a nova presidência da CNBB para o próximo quadriênio. Ela é composta pelo presidente, vice-presidente e secretário-geral. Na ocasião também serão eleitos os 12 presidentes das Comissões Episcopais Pastorais e o delegado suplente junto ao Conselho Episcopal Latino Americano (Celam).


Ainda dentro da pauta da AG estão temas prioritários e diversificados como reuniões, celebrações, comunicações e retiro. Esta 57ª Assembleia prevê, inicialmente, duas mensagens e carta final, sendo uma ao Papa Francisco e a outra ao prefeito da Congregação para os Bispos.

Serviço:
57º Assembleia Geral dos Bispos do Brasil
Período: 1º a 10 de maio de 2019
Local: Centro de Eventos Padre Victor Coelho de Almeida - Santuário Nacional de Aparecida

 
 

Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade