DATA DE PUBLICAÇÃO: 19/09/2019
- Diminuir + Aumentar

Corda do Círio 2019 em Belém

Foto: Yêda Sousa - Ascom Basílica Santuário de Nazaré
 
Na manhã desta quinta-feira, 19 de setembro, a corda do Círio de Nossa Senhora de Nazaré chegou a Belém, vinda de Santa Catarina, percorrendo cerca de 10 dias. O símbolo romaria da Virgem de Nazaré é de sisal traçado com 800 metros de comprimento e e 50 milímetros de diâmetro

Na chegada, o padre Luiz Carlos Maria Nunes Gonçalves, Diretor Presidente da Diretoria da Festa de Nazaré, abençoou a corda pedindo que o Círio deste seja realizado com êxito.

A corda do Círio foi produzida no estado de Santa Catarina, como no ano anterior, pela empresa Itacorda e o transporte pela empresa Expresso Vida Transporte. O percurso durou cerca de 10 dias com pausa em São Paulo para realização de ajustes. Os custos para a aquisição da corda da romaria 2019 foram pagos por meio de uma doação.

Claudio Tobias Acatauassu Nunes, diretor coordenador da Diretoria da Festa, explica o processo de transporte e os próximos passos em Belém: “a corda veio de Santa Catarina, passou por são Paulo para fazer uns ajustes e veio até aqui. Esse percurso durou uns 10 dias mais ou menos. Ela tem 800 metros e pesa em torno de uma tonelada. Metade vai ser utilizada para trasladação e metade vai ser utilizada para o Círio”.

A Corda é divida em duas partes: 400 para a Trasladação, que ocorre no sábado, e 400 para o Círio, no domingo. O próximo passo é a avaliação do símbolo, que será no dia 29 de setembro, no Colégio Santa Catarina de Sena, localizado na Avenida Nazaré, como acontece todos os anos, ressalta Cláudio.
 
“O próximo passo agora é esticar a corda, vamos fazer uma avaliação dela, vê se ela já realmente em perfeito estado, que será feito no dia 29 no Colégio Santa Catarina, onde é feito todos os anos essa revisão da corda. A partir da liberação da Guarda de Nazaré junto com os diretores de procissão, que fazem essa avaliação, ela será liberada então para fazer frente as duas procissões tanto Trasladação quanto o Círio”, conta o diretor.

Faltando apenas 24 dias para o Círio de Nazaré,  o momento é de intensificar a preparação para a grande romaria. Neste sábado, 21, os evangelizadores da corda participarão de uma formação, onde receberão orientações sobre as romarias.

Claudio Acatauassu chama atenção para o corte antecipado da corda e faz um pedido para que rodos os promesseiros concluam o percurso com a corda inteira até o Colégio Santa Catarina, onde é feita a bênção do ícone.  “É, eu diria assim, de coração, faça um esforço, se não conseguirem mais ficar segurando a corda, a gente sabe que é atenuante, vá caminhando ao lado dela. Depois você segura novamente e assim vá até o final da romaria.Não antecipe o corte, porque se não isso pode atrapalhar o bom andamento das procissões”, ressalta o diretor.

A Corda do Círio 2019 ficará em exposição para visitação no Memória de Nazaré, situado no estacionamento do Centro Social da Basílica Santuário de Nazaré. Clique aqui e reveja o momento da chegada do símbolo na capital paraense.

A corda

A corda passou a fazer parte do Círio de Nazaré no ano de 1885, quando uma enchente da Baía do Guajará alagou a orla desde próximo ao Ver-o-Peso até as Mercês, no momento da procissão, fazendo com que a berlinda ficasse atolada e os cavalos não conseguissem puxá-la.

Os animais então foram desatrelados e um comerciante local emprestou uma corda para que os fiéis puxassem a berlinda. Desde então, foi incorporada a procissão e se tornou o elo entre Nossa Senhora de Nazaré e os fiéis.
 
 

Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade