DATA DE PUBLICAÇÃO: 29/10/2019
- Diminuir + Aumentar

“Dízimo, gesto consciente de um coração agradecido a Deus”

 
A Arquidiocese de Belém através da Equipe Arquidiocesana de Pastoral do Dízimo (Eapadi) promove em novembro o “Projeto Mês do Dízimo” cujo tema “Dízimo, gesto consciente de um coração agradecido a Deus”.

A programação objetiva fortalecer a ação pastoral do dízimo nas paróquias da Arquidiocese de Belém, a fim de que os cristãos possam se tornar cada vez mais co-responsáveis pela ação evangelizadora da Igreja através do dízimo.

A iniciativa iniciou-se em 2013 e até 2015 constava de um evento de uma semana, denominado “Semana Missionária do Dízimo”. A partir de 2016 começou a ser chamada de “Mês da Partilha” e desde 2018 é denominado “Mês do Dízimo”, projeto elaborado pela equipe de formação da Eapadi, aprovado pelo Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa.

O projeto visa o envolvimento das pastorais existentes nas paróquias, ou seja, convocando-as para refletir acerca da importância do dízimo, por meio de celebrações, encontros, espiritualidades, visitas e outras ações conforme a realidade de cada paróquia, cuja finalidade criar um espírito de comunhão, participação e partilha entre os participantes.

No mês de setembro, durante reunião, o assessor eclesiástico da Pastoral do Dízimo, padre José Maria Ribeiro, pároco da Paróquia Santa Maria Mãe de Deus, orientou os coordenadores paroquiais acerca do projeto.

Estimular a prática do dízimo é uma tarefa enfrentada por comunidades e paróquias que necessitam se auto-sustentar. Segundo padre José Maria, o fiel dizimista é responsável pela evangelização na Igreja. “Somos chamados a fazer a experiência do dízimo na nossa vida como gesto de fé, de gratidão a Deus e de cor-responsabilidade com a evangelização na Igreja, pois todo fiel batizado consciente dessas três coisas, e torna-se um membro efetivo na Igreja”.

Para ele, o projeto pretende conscientizar os fiéis do papel do dizimista: “Há alguns anos a nossa Arquidiocese de Belém, com o apelo do nosso arcebispo, vêm trabalhando a questão do mês de novembro como o mês do dízimo, cujo  objetivo é justamente sensibilizar os fiéis das paróquias da arquidiocese, incentivá-los para que mais e mais batizados nesta Igreja tomem consciência do seu papel como evangelizadores na nossa Região Metropolitana de Belém (RMB)”.

Com a realização do projeto a meta é buscar novos dizimistas e sensibilizar para o ato da partilha. O público alvo é a comunidade católica, ou seja, os dizimistas e não dizimistas. As atividades do projeto contam com o pároco e com membros da Pastoral do Dízimo, que realizarão as ações no decorrer no mês de novembro, conforme calendário específico de cada paróquia. As atividades desenvolvidas terão como subsídio uma cartilha preparada pela Eapadi, no valor R$ 2,00 reais, que pode ser adquirida nas paróquias ou com a própria equipe arquidiocesana nas dependências da Cúria Metropolitana de Belém, localizada na Avenida Governador José Malcher, edifício João Paulo VI, 915, das 8h às 12h.
 
 

Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade