HOME     TV Nazaré     Rádio Nazaré     Família Nazaré     Contato     Pesquisar     Assine a Voz
  
Edição de   

Modelo de bons pastores hoje
 

Neste domingo, 25, o quarto Domingo da Páscoa, celebra-se Jesus Bom Pastor e o 47° Dia Mundial de Oração pelas Vocações. Usado por Jesus em sua missão, o termo pastor no dicionário significa a pessoa que guarda, guia e apascenta um rebanho.

Tendo como referência o Evangelho deste domingo (Jo 10, 27-30), que conta a parábola do Bom Pastor, em que Jesus usava a linguagem simples do povo para ensinar a sua mensagem, os padres são aqueles enviados por Cristo para exercerem o sacerdócio. 

Na parábola, Jesus diz que o Bom Pastor entra pela porta, ao passo que os ladrões e salteadores entram no cercado pulando a cerca, com a intenção de fazer mal às ovelhas. Nela, Ele também diz que é a verdadeira porta, pela qual se deve entrar.

O gesto de acolher os fiéis remete aquele que faz ou leva vida de pastor, o pároco. Como explica o padre Ronaldo Menezes, pároco da Santíssima Trindade, Jesus Bom Pastor é o modelo de sacerdócio. “Ele enviou pessoas para guiar seu povo, para que em momentos de dificuldade, de aflição, o padre possa transmitir a segurança de Jesus aos seus filhos”, explica o padre, que adota a prática de receber os fiéis na entrada da igreja matriz para as celebrações.

Como lembra o Papa Bento XVI, em sua mensagem para o 47º Dia Mundial de Oração pelas Vocações, este domingo de Jesus Bom Pastor, “Deus serve-se do testemunho de sacerdotes fiéis à sua missão, para suscitar novas vocações sacerdotais e religiosas para o serviço do seu povo”. 

Em recente artigo publicado na Voz de Nazaré, o padre José Maria da Silva Ribeiro, pároco de Nossa Senhora Ó, em Mosqueiro, e presidente da Comissão Regional de Presbíteros (CRP) e da Associação Nacional de Presbíteros (ANPB), lembrou que a vocação sacerdotal possui três finalidades principais: a santidade, o serviço e o combate espiritual. Conforme ele destaca, existem imagens significativas a respeito do serviço humilde e amoroso na vida de Jesus Cristo, entre elas a de Jesus Bom Pastor. “Essas imagens devem ser um manancial de inspiração para nós, presbíteros: bom pastor; bom samaritano; montado num jumento; lava-pés; como o servo fiel e sábio; como o servo que volta do trabalho; como o servo a quem foi perdoada a dívida; como o servo prudente; como os trabalhadores chamados em diversas horas”, escreveu. 

No dia 14 deste mês, ao se reunir com fiéis e peregrinos na Praça São Pedro para a tradicional Audiência Geral das quartas-feiras, Bento VI falou sobre o modelo de Jesus Bom Pastor, em particular aos sacerdotes, neste Ano Sacerdotal. 

“Que São João Maria Vianney sirva de exemplo a todos os presbíteros. O povo cristão reconhecia nele o que deveria reconhecer em todo sacerdote: a voz do Bom Pastor! O sacerdote, configurado com Cristo cabeça, não o representa como se ele estivesse ausente, mas, ao contrário, atua na mesma Pessoa de Cristo. Com efeito, o sacramento da Ordem leva o sacerdote a estar imerso na Verdade, uma Verdade que é muito mais do que um conceito; uma Verdade que é uma pessoa: Jesus Cristo”, disse.

 
Fonte: Fundação Nazaré                  Voltar à página inicial...

Enviar para um amigo...
Enviar para meu e-mail...
Mais notícias
Faltam estudos sérios sobre usina
São Jorge é santo pelo testemunho
Modelo de bons pastores hoje
Crimes contra indígenas apurados
Em defesa dos brasileiros do Norte
Marituba festeja padroeiro
Guardas completam 28 anos
Apoio internacional: diretor de cinema entra na discussão
Papa incentiva jovens à coragem
Papa saúda a Amazônia
O Papa que chora e pede perdão
Minha alma é patrimônio de Deus
Telas diversas
Servir ao desígnio divino
O melhor presente de Páscoa
A humildade do Papa e a Igreja que sofre
Rico de amor e misericórdia
Deletar o outro
O relacionamento entre humanos e ovelhas
Lembrando o Cônego Zé Maria
Sexualidade no casamento
Nazaré Repórter
Fundação Nazaré de Comunicação - Jornal Voz de Nazaré - Todos os direitos reservados