HOME     TV Nazaré     Rádio Nazaré     Família Nazaré     Contato     Pesquisar     Assine a Voz
  
Edição de   

Observatório Romano completa 150 anos
 

Redação do jornal impresso oficial do Vaticano recebeu a visita de Bento XVI, que agradeceu pelo trabalho "humano e cristão" 

Mais de um século, para ser mais exato, um século e meio de evangelização e informações sobre o Vaticano. Este é o motivo que levou o Papa Bento XVI a visitar a redação do jornal do Vaticano L'Osservatore Romano, na manhã do dia 5 de julho. Assim, como a Voz de Nazaré, que daqui a dois anos festejará seu centenário, o L'Osservatore ficou conhecido como uma jornal que apresenta notícias contemporâneas à luz da fé cristã.

Durante a visita, o Pontífice ressaltou a importância da seleção dos assuntos abordados pelos jornais perante um mundo globalizado. Uma escolha de prioridades que, para ele, é, na maioria das vezes, questionável. "Ninguém pode informar sobre tudo. É necessário ter sempre um discernimento, uma escolha. E sabemos bem – disse – que a escolha das prioridades é, na atualidade, muito discutível, em muitos órgãos da opinião pública", declarou.

Para o Bispo de Roma, dois critérios são imprescindíveis na escolha noticiosa. "Esta é uma síntese característica para a cultura do mundo ocidental. Por um lado, o grande direito natural, a cultura natural do homem, concretizada na cultura romana, com seu direito e o sentido da justiça, e por outro lado, pelo Evangelho". A união desses dois pontos norteadores resultaria na justiça e na esperança sob a luz da bondade divina e à luz da fé. "Ajudam a oferecer realmente uma informação humana, humanística, no sentido de um humanismo que tem suas raízes na bondade de Deus. E, assim, não é somente informação, mas realmente formação cultural", disse.

ABORDAGEM

Bento XVI frisou que o L'Osservatore Romano, conhecido como "Jornal do Papa", aborda assuntos de todos os lugares do mundo com perspectiva diferente, constituindo um modelo para todos os jornais cristãos. "Nos jornais normais se informa, mas com uma preponderância do próprio mundo, às vezes esquecendo-se de muitas outras partes desta terra que não são menos importantes. Oferece realmente uma informação universal, que realmente vê o mundo inteiro e não somente uma parte", explicou o Papa Bento XVI.

Não permanecer na superficialidade dos fatos, abordando as raízes culturais da notícia, seria o diferencial do "Jornal do Papa". "Admiro como seja possível todos os dias dar-nos grandes contribuições que nos ajudam a entender melhor o ser humano, as raízes das quais vêm as coisas e onde são compreendidos, implementados, transformados".

Os poucos mais de 100 profissionais de diversas nacionalidades que trabalham no jornal oficial da Santa Sé foram descritos como profissionais que fazem o jornal com paixão humana e cristã. "Não é somente uma oficina, é, sobretudo, um grande observatório, como diz o nome; observatório para ver as verdades deste mundo e informar-nos sobre esta realidade. Isso se reflete... seja nas coisas distantes que nas próximas. Se dedica certamente a fazer, mas antes e, sobretudo, a conhecer, a pensar, a julgar e a refletir", afirmou. O Pontífice encerrou seu pronunciamento com votos de um feliz aniversário: "Há poucos dias, em 1º de julho, o L'Osservatore Romano alcançou a notável idade de 150 anos de existência. Eu gostaria de dizer-vos de todo coração, como se faz em casa: feliz aniversário!".

O L'Osservatore foi fundado dia 1 de julho de 1861, tendo origem italiana. O jornal tem traduções em outras línguas, como português, e está disponível na internet no endereço http://www.osservatoreromano.va/portal

 
Fonte: Fundação Nazaré                  Voltar à página inicial...

Enviar para um amigo...
Enviar para meu e-mail...
Mais notícias
O Pai trabalha sempre
“Sagração episcopal do bispo chinês é ilegítima”, afirma a Santa Sé
Voz de Nazaré é presente nas (e para as) famílias
Antônio Maria Zaccaria, exemplo de amor, oração e caridade na Igreja
“Anjos da Noite” volta a distribuir sopa nas ruas
Ex-diretor do Círio será diácono
Pastoral precisa de mais líderes
Nazaré Repórter
Observatório Romano completa 150 anos
Sob as asas de São Miguel
Para dar mais sabor à vida
Drama familiar
Homilia dominical
Nosso amor humano (Parte 2)
Redescobrindo o sentido da vida
O sim e o não da convivência
As sedes de Jesus (3)
Liturgia palavra que cresce (4)
O Cristo apocalíptico
O dom do pai e a alegria de ser filho
O silêncio de Jesus (1ª parte)
Semeando a Palavra
Fundação Nazaré de Comunicação - Jornal Voz de Nazaré - Todos os direitos reservados