DATA DE PUBLICAÇÃO: 05/05/2017
- Diminuir + Aumentar

Celebração marca os dois anos de falecimento de Dom Vicente

 
Uma celebração eucarística realizada na quinta-feira, 4, às 18h, na Catedral Metropolitana de Belém marcou os dois anos de falecimento do Arcebispo Emérito de Belém, Dom Vicente Joaquim Zico. A celebração, presidida pelo Cura da Sé, Padre Roberto Cavalli, diretor da Fundação Nazaré de Comunicação, foi transmitida ao vivo pela TV Nazaré, Canal 30. A cerimônia reuniu, além do clero arquidiocesano, comunidades da Catedral, religiosos e leigos.
 
Dom Vicente Joaquim Zico foi o 8º Arcebispo da Arquidiocese de Belém. Natural de Luz, em Minas Gerais, nasceu em 27 de janeiro de 1927. Foi nomeado arcebispo coadjutor de Belém em 5 de dezembro de 1980, pelo Papa de então, São João Paulo II. Exerceu o cargo até 1990, quando foi nomeado arcebispo titular, sucedendo Dom Alberto Ramos. Permaneceu no cargo até 2004, ano em que Dom Vicente deixou o cargo, após ter a renúncia aceita pelo Papa João Paulo II. Sucedeu-o o atual Arcebispo do Rio de Janeiro, Cardeal Dom Orani João Tempesta. Dom Vicente permaneceu como Arcebispo Emérito.
 
Dom Vicente foi membro da Comissão Episcopal Pastoral para a Dimensão Missionária da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), visitador apostólico dos seminários do Regional Nordeste 2 e Nordeste 4, presidente e vice-presidente do Regional Norte 2 e conselheiro da Pontifícia Comissão para a América Latina. À frente da Arquidiocese de Belém, criou paróquias e cinco das sete Regiões Episcopais existentes.
 
A Fundação Nazaré de Comunicação, integrada pelos quatro veículos de comunicação da Arquidiocese de Belém, Rádio, TV, Portal e Jornal Voz de Nazaré, é um dos legados deixados por Dom Zico,  iniciados com a Rádio Nazaré que completa 21 anos, no dia da sua páscoa eterna. 
 
O Centro de Cultura e Formação Cristã (CCFC), importante centro de referência, que faz parte do complexo do Seminário Arquidiocesano, juntamente com o Instituto de Filosofia e Teologia Regional (IFTR) e a residência dos seminaristas, também fazem parte das obras do emérito. Dom Zico faleceu aos 88 anos, em maio de 2015, sendo sepultado na Catedral Metropolitana de Belém. Suas últimas palavras foram: “não tenho receio de partir para Eternidade, amei  Nosso Senhor de todo o coração”.
 
 
 



Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade