DATA DE PUBLICAÇÃO: 05/05/2017
- Diminuir + Aumentar

Paróquia Santa Maria Mãe de Deus celebra um ano de implantação

 
A noite de 24 de abril passado foi de congraçamento para a comunidade da Paróquia de Santa Maria Mãe de Deus. Localizada no bairro do Maguari, em Ananindeua, aquela comunidade celebrou o seu primeiro ano de criação como paróquia da Arquidiocese de Belém. A programação comemorativa teve seu ápice na Santa Missa solene, presidida pelo pároco, José Maria da Silva Ribeiro. Após a celebração eucarística os fiéis reuniram-se no salão paroquial onde cantaram os parabéns e compartilharam um bolo de um metro de comprimento.
 
Expressivo momento naquela noite festiva registrou-se na Missa solene, quando em meio à celebração foi entronizada a imagem oficial de Santa Maria Mãe de Deus. Confeccionada em cedro pelo artista regional Afonso Falcão de Oliveira, a representação de Santa Maria Mãe de Deus é grande e pesa 9,885 kg. O artista imprimiu à imagem as “feições das pessoas do Maguari”, explicou o pároco José Maria, informando a todos que a mesma teve o rosto moldado, inspirado no rosto de uma jovem moradora local. Maria, segundo a concepção do artista, traz o menino Jesus no colo, parecendo querer saltar para o colo de quem o contempla.
 
Padre José Maria declarou que “este foi um ano de construção de uma paróquia que busca ser uma Igreja em estado permanente de missão: Casa de iniciação à vida cristã; lugar da animação bíblica da vida e da pastoral; Comunidade de Comunidades; enfim, um tempo em que temos nos colocado a serviço da vida plena para todos!”
Padre José Maria enfatizou ainda:  "a paróquia vem trabalhando o espírito do Concílio Vaticano II no âmbito da comunidade, com a compreensão de ser uma rede de comunidades, cuja ação pastoral se dá de forma global, orgânica e articulada”.
 
O entrosamento de uma comunidade viva e atuante também foi comentada pelo pároco enquanto se dirigia aos seus paroquianos na comemoração festiva no Maguari. Pe. José Maria destacou, por exemplo, que “em um ano de existência como paróquia, as dez comunidades que a integram demonstram que o crescimento pessoal e comunitário se dá através da integração entre si”.
 
O pároco comentou eenalteceuo envolvimento de uma comunidade participativa ao falar da participação de todos nas diversas iniciativas de integração paroquial: “Isso se manifestou em eventos que organizamos e vivemos, como o I Arraiá das Comunidades, Seresta da Família, I Bazar e Café Solidário, Baile das Debutantes, as festividades das Comunidades e em tantas outras atividades em nível paroquial”.
 
 
 
 
 



Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade