DATA DE PUBLICAÇÃO: 19/05/2017
- Diminuir + Aumentar

Procissão das velas ilumina ruas da capital

 
 
No sábado, 13, dia de Nossa Senhora de Fátima, milhares de fiéis foram às ruas de Belém para prestar homenagem a Nossa Senhora, na tradicional Procissão Luminosa, ou das Velas como também é conhecida. A romaria, que teve início às 19h, foi precedida por santa missa presidida pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Alberto Taveira Corrêa, na Basílica Santuário de Nazaré, região central da capital
 
 
A celebração eucarística marcada para às 17h, contou com a participação maciça dos fiéis que lotaram a Basílica. Mesmo com a chuva, que caiu durante a tarde, naquele dia, a movimentação do lado de fora da Igreja era grande, com fiéis se reunindo na Praça Santuário e adjacências. A Eucaristia teve início com uma procissão com a imagem de Nossa Senhora de Fátima sendo entronizada na Basílica enquanto que o ministério de música executava a “Treze de maio”, sob aplausos da assembleia.
 
Em sua homilia Dom Alberto refletiu sobre as comemorações que marcavam a celebração, como o Ano Mariano, tricentenário de Nossa Senhora de Aparecida, centenário das aparições em Fátima e cinquentenário da Paróquia de Fátima e das suas relações com a Virgem Maria.
 
“Ah, o sentido que o tempo pode ter, quando  é visto não apenas pelo calendário, mas pela  fé que o ilumina! Olhemos para Maria revestida de sol e vestida da Palavra de Deus. Se Jesus é a Palavra encarnada, Maria é a Palavra vivida”.
 
Por fim, falou da canonização dos dois pastorinhos, Francisco e Jacinta Marto, acontecida no mesmo dia em Fátima, Portugal: “Hoje é dia de experimentarmos a graça imensa do convite à santidade, olhando para as crianças que nos convidam à santidade. A estrada da santidade é simples e possível, por isso é difícil e exigente”.

Homenagens e demonstração de fé

Após a missa, por volta de 19h, o cortejo saiu da Basílica Santuário em direção à Matriz de Fátima, no bairro do mesmo nome. Este ano houve mudanças no itinerário e no dia de realização da procissão: voltou a ser no dia 13 e saiu da Igreja de Nazaré, como  em seus primeiros anos. 
 
A celebração foi marcada por uma tripla comemoração, pois naquele dia celebravam-se o centenário das aparições da Virgem em Portugal, a canonização dos pastorinhos Jacinta e Francisco e o cinquentenário da fundação da Paróquia de Fátima, na capital paraense.
 
Para Monsenhor Raimundo da Mata, pároco de Fátima, a procissão das velas foi o momento de agradecer e louvar por tudo que se comemorava no dia: “Hoje é dia de ação de graças, de gratidão a Deus e a Nossa Senhora, por aquilo que ela proporcionou nesses cinquenta anos. Isso se concluiu com essa beleza de procissão, uma espécie de louvor a Deus e que rezamos para que possa frutificar na relação das pessoas, na vida fraterna e familiar”.
 
Participando há mais de 20 anos da procissão, César Monteiro, 54 anos, achou excelente reunir todas as comemorações no dia de Fátima: “É uma das mais belas procissões no calendário da Arquidiocese de Belém. Venho principalmente para agradecer”.
 
Participando pela primeira vez, a aposentada Albertina Espírito, 75 anos,  ficava animada ao ver tanta gente reunida: “Todo ano assistia pela televisão e achava tão bonita e dizia para mim mesma: um dia ainda vou. E hoje estou aqui. As comemorações de hoje só me deram mais motivos para vir”.
 
Segundo a organização, cerca de 300 mil pessoas foram às ruas portando velas acesas como demonstração de fé e devoção. Entre elas, jovens, adultos, idosos e crianças, todos  cantando e louvando, animados por um trio elétrico.
Com a pequena Ana Laura de dois anos no colo, Elvis Airosa, 35 anos, acredita ser importante apresentar a filha desde cedo a Nossa Senhora: “É uma procissão que reúne muitas pessoas e este ano resolvi trazê-la para que futuramente ela continue essa devoção na família”.
 
A procissão, com a duração de duas horas, percorreu cerca de 3 km, até chegar à Matriz, por volta das 21h, sendo a imagem da Senhora recebida, com aplausos e lágrimas por centenas de fiéis.
 



Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade