DATA DE PUBLICAÇÃO: 26/05/2017
- Diminuir + Aumentar

Procissão das Rosas leva fiéis às ruas de Belém

 
 
Na última segunda-feira, 22, dia de Santa Rita de Cássia, padroeira das causas impossíveis, várias igrejas da Arquidiocese de Belém celebraram a santa na sua festa litúrgica. A Paróquia São José de Queluz, no bairro de Canudos, que também tem devoção por Santa Rita, viveu desde o dia 14 a festividade em honra à padroeira que encerrou no dia 22 com a tradicional Procissão das Rosas.
 
No dia da padroeira a programação teve início às 7h, com missa solene presidida pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Alberto Taveira Corrêa. “A festividade de santa Rita em Belém tem primeiro uma tradição muito significativa e ela expressa o desejo da santidade, desejo da perfeição, de sermos melhores. Justamente porque por desígnio de Deus ela teve vários estados de vida. A esposa, a mãe, a viúva e a religiosa, para mostrar que tem lugar para todo mundo na Igreja”, disse Dom Alberto.
 
Para Frei Ruan Alexandre, pároco em São José de Queluz, a festividade voltada à Santa Rita foi ganhando força na medida em que os fiéis se aproximavam da paróquia. “É uma procissão muito bonita, bem participada e uma devoção que veio com os freis agostinianos. Santa Rita é uma monja agostiniana, é esse modelo de entrega, de serviço ao projeto de Deus”, afirmou o sacerdote.
 
Após o ato litúrgico ser finalizado, o cortejo com a imagem de Santa Rita de Cássia teve início pelas ruas do bairro. Fé e devoção marcaram a procissão que contou com grande presença dos paroquianos e devotos de Santa Rita.
 
 
 



Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade