DATA DE PUBLICAÇÃO: 30/06/2017
- Diminuir + Aumentar

Paróquia de São Domingos de Gusmão acolhe novos pároco e vigário

 
A Paróquia de São Domingos de Gusmão, no bairro da Terra Firme, acolheu domingo, 25, em sua matriz, localizada na Avenida Celso Malcher, 733, seu novo pároco, padre Jonas da Silva Teixeira, e seu novo vigário, padre Manoel Abraão Farias Pinto, que tomaram posse na celebração presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, concelebrada por sacerdotes.  
 
A cerimônia de posse teve início às 10h, na presença de centenas de fiéis que lotaram a paróquia. Dom Alberto deu a posse ao novo pároco, que foi acolhido entusiasticamente pelos paroquianos. A nomeação do novo pároco se deve à partida para eternidade de seu antecessor, cônego Djalma Lopes, falecido em abril deste ano, que esteve à frente da paróquia de 2014 a 2017.
 
De 2012 a 2017, padre Jonas Teixeira atuou como pároco na Paróquia de Santa Teresinha do Menino Jesus, no bairro de Águas Lindas, onde,  no mesmo período, padre Manoel Abraão Pinto atuou como vigário. O novo pároco põe em relevo a nova missão assumida: “A cidade tem seus encantos e desencantos, ou seja, seus desafios. Estamos neste princípio de atividades nos ambientando, nos inserindo na vida pastoral da comunidade. Já sabemos que uma paróquia grande, em relação ao quantitativo de pessoas, com celebrações diárias. Isto já e um elemento aglutinador para outras possibilidades. É um povo que gosta de ser visitado, e outro elemento que nos ajudará na organização do plano de atividades e nos ajudará no desenvolvimento e aperfeiçoamento dos trabalhos”. O quantitativo de paroquianos mencionado pelo padre está na mesma proporção do número de moradores do bairro, considerando que, de acordo do com o Censo Demográfico de 2010 realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), a Terra Firme é o sétimo bairro mais populosos da Região Metropolitana de Belém (RMB). 
 
Antes mesmo da posse, o pároco e o vigário participaram de reunião com as pastorais e movimentos, sendo esse um dos primeiros contatos com o novo rebanho. Nessa reunião foi possível acertar os preparativos para a festividade a realizar-se em agosto e conhecer os trabalhos da engrenagem que mantém viva a missão da paróquia. Os trabalhos já se iniciaram com as visitas do padre Manoel Abraão às duas comunidades da paróquia, para conhecer de perto a realidade. Na paróquia atuam 23 pastorais e seis movimentos.
 
Transição
 
A Paróquia de Santa Teresinha do Menino Jesus está vivenciando um momento de transição até o dia 10, data marcada para a chegada dos sacerdotes que tomarão posse no dia 16, padre José Possidônio  como pároco e padre Jonas Freire como vigário. Até lá a paróquia continua sob os cuidados do Padre Jonas Teixeira.
 
Histórico

Em 1970, por resolução do Arcebispo Dom Alberto Gaudêncio Ramos, começou o processo de preparação da comunidade de São Domingos de Gusmão para se desligar da Paróquia de Queluz, fato acontecido em 04 de agosto de 1971, quando se tornou Paróquia de São Domingos de Gusmão, sob a administração do padre Aderson Néder, seu primeiro pároco, no antigo prédio construído na década de 1960, tendo sido  o atual prédio da igreja matriz inaugurado em 07 de agosto de 1988.
 
A Paróquia de São Domingos de Gusmão teve como párocos os padres Aderson Néder, Jaime Sidônio, Francisco Villa - fundador das comunidades Santa Maria de Belém, Cristo Libertador e São Guido -, padre Igino Sala, construtor das igrejas matriz de São Domingos de Gusmão e Santa Maria de Belém e fundador da comunidade Santo Agostinho -, os padres Edir Manoel Negrão de Lima, Antônio Moraes Oliveira - fundador da comunidade Sagrado Coração de Jesus -, Bruno Sechi, - fundador da comunidade São Francisco -, e o cônego Djalma Lopes da Silva.
 
Em 1º de setembro de 2013 a comunidade de Santa Maria de Belém se tornou paróquia, ficando com as comunidades São Guido, Sagrado Coração de Jesus e São Francisco, e a Paróquia São Domingos de Gusmão com as comunidades de Santo Agostinho, localizada na Passagem Cabral, entre a passagem 2 de junho e Av. Celso Malcher, e a Comunidade de Cristo Libertador, localizada na passagem 1° de maio, entre passagem Canaã e passagem Leão.
 
 
 



Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade