DATA DE PUBLICAÇÃO: 21/07/2017
- Diminuir + Aumentar

Goretti Esporte promove congresso técnico

 
O Projeto Goretti Esporte e Cidadania da Arquidiocese de Belém promoveu no dia 15 de julho congresso técnico no Centro de Evangelização de Fátima (Cefat). O evento objetivou organizar as atividades reguladoras ligadas aos torneios esportivos, como handebol, voleibol e futsal, que serão realizados a partir do próximo semestre. A programação contou com a participação das equipes inscritas nas modalidades esportivas, sendo elas das 27 paróquias da Arquidiocese de Belém, atualmente inseridas no projeto.
 
Na ocasião foram apresentados os regulamentos, realizado os sorteios das chaves e a apresentação dos locais onde acontecerão os torneios. Segundo o pedagogo Thiago Gomes, coordenador do projeto, o evento é a oportunidade de os envolvidos refletirem sobre o melhor caminho a ser seguido para a efetivação das copas que serão realizadas, como a copa Círio de voleibol e de campo, a copa de futsal masculino e feminino e a copa de campo.  
 
O projeto, cujo objetivo é a valorização da juventude através do esporte, prepara uma série de novidades para as próximas competições. Entre elas estão as copas da juventude católica de futsal, voleibol e de handebol. As equipes masculinas e femininas, formadas conforme as normas, devem ser na faixa etária de 13 a 23 anos, sendo que cada equipe pode inscrever dois atletas com idade superior a 23 anos. 
 
A novidade desse semestre é a copa de voleibol, com a participação de oito equipes e, ainda, copa de campo. No mês de agosto, no primeiro sábado do mês, dia 5, inicia-se uma série de torneios para as equipes participantes, como a equipe da Paróquia de Nossa Senhora de Fátima, da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, da Paróquia de Nossa Senhora da Divina Providência, entre outras. 
 
“Nós não queremos só jogar futebol, nós queremos formar atletas cristãos”, disse o coordenador do projeto, Thiago Gomes. “Falar de esporte é falar de vida, ou seja, o projeto vive a vida. Ele tem como objetivo evangelizar e esse objetivo se dá por meio do esporte. É importante destacar que a evangelização é propagada por meio do esporte e através do esporte trazer os jovens a Jesus”, completou.
 
Copa Aparecida
 
No primeiro semestre foi realizada a “Copa 300 de Devoção a Nossa Senhora de Aparecida”, no período de 28 de maio a 7 de julho, cujo nome foi em homenagem ao achado da imagem de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil. Dez paróquias da Arquidiocese de Belém estiveram envolvidas durante os torneios de futebol, com a participação de 103 atletas divididos em 12 equipes.
 
A final foi disputada pelas equipes da Comunidade Santo Agostinho,  pertencente à Paróquia de São Domingo de Gusmão, versus a equipe da Paróquia de Nossa Senhora de Fátima. A vitória, com o placar de 2x0, foi da equipe de Santo Agostinho. As medalhas da premiaçaõ foram entregues na própria comunidade, para valorizar o empenho e a dedicação dos jovens. 
 
O sabor da vitória e a lembrança de ouvir “É campeão, é campeão!” foi uma realidade para os jovens do bairro da Terra Firme, que venceram a Copa 300. O título foi conquistado através do esforço dos jovens, que vêem no esporte uma oportunidade para mudar a sua realidade e de assumir um compromisso com a Igreja. Segundo Marcelo Monteiro, padeiro, 24 anos, guarda da Comunidade de Santo Agostinho, que há seis meses está no projeto, foi um desafio ser capitão dos jovens, devido aos atritos provenientes das idades, mas no final foi  recompensador.
 
Marcelo Monteiro fala dos seus desejos e da sua alegria: “Minha perspectiva é de atrair cada vez mais jovens para a Igreja, para participar de projetos sociais dentro da Igreja, de salvar o próximo, porque é muito importante resgatar a juventude, principalmente da periferia, onde muitas vezes os jovens preferem ficar na rua a ir para a Igreja. É um trabalho muito difícil, mas muito gratificante. A gente vê a alegria de os jovens estarem participando, se engajarem na Igreja.    
 
Valorização da juventude

O projeto com o nome da Santa patrona da Juventude, Maria Goretti, existe há sete anos. O projeto Goretti Esporte e Cidadania tem como objetivo  valorizar os jovens na sua essência, por meio da prática do esporte, da evangelização e da formação. Jovens na faixa etária de 13 a 23 anos podem aderir ao projeto, sendo fundamental que todos os participantes estejam engajados nas pastorais, grupos e movimentos da paróquia. 
Para Thiago Gomes, muitos foram os frutos colhidos: “Nós colhemos muitos frutos ao longo desses sete anos. Nossa maior alegria é ver esses jovens, que entraram na Igreja por meio do projeto, tornarem-se líderes, coordenadores das pastorais e, acima de tudo, animar a juventude da paróquia, porque quando você forma uma equipe, você envolve toda a paróquia”.
 
Entre as iniciativas realizadas pelo projeto destacam-se os retiros, torneios esportivos envolvendo várias modalidades, ‘Espertar Vocacional’, ‘Lançai as Redes’, ‘Cristo Dance’, ‘Sopão Solidário’, ‘Pedalar com Cristo’ e ações sociais.
 
A paróquia interessada em participar do projeto deve apresentar uma declaração de interesse. O documento deve conter a relação dos jovens com nome e grupos, pastorais e movimentos de que fazem parte. Mais Informações pelo telefone: 98908-8513.
 



Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade