DATA DE PUBLICAÇÃO: 21/07/2017
- Diminuir + Aumentar

Primeiro Festival de Cinema Marajoara prestigiado pelo público

 
A abertura do I Festival de Cinema Marajoara aconteceu no município de Ponta de Pedras em 30 de junho, com a estreia acontecendo na sede da Associação Cultural Dalcídio Jurandir (ACDJ). No dia 1º de julho, sábado, as sessões abertas e gratuitas foram realizadas na Praça da Igreja Matriz, e na quadra do Centro Cultural Bertino Boulhosa. As apresentações nos dois dias atraíram mais de 400 expectadores, de todas as idades. O circuito de exibições prosseguiu nos municípios de  Portel, Breves, Curralinho e encerrando-se em Salvaterra nos dias 15 e 16 de julho.
 
O destaque do festival foi a obra de ficção “Marajó Mulher”, Esta conta a história de três mulheres ribeirinhas marajoaras que crescem com sonhos e perspectivas diferentes, mas que têm em comum a vontade de trazer melhoras para a vida das mulheres de sua comunidade. 
 
Foram exibidas também produções da ACDJ, que tem como propriedade trabalhar com toques de humor,  destacando-se curtas como “Tem boto na rede do Tunico” e “O Morto que Sabia Nadar” .  Produções de outras áreas do Marajó foram exibidas, com destaque para “Sou teu maninho – um grito Marajoara”, de Chaves, e “Vaqueiros e Encantados”, de Cachoeira do Arari.
 
O festival foi realizado com o apoio do Instituto Peabiru através do ‘Projeto Embarca Marajó’, que é uma parceria entre o Instituto Internacional de Educação do Brasil (IIEB), Instituto Peabiru e Instituto Vitória Régia, com apoio do Fundo Socioambiental da Caixa Econômica Federal.
 
A iniciativa Embarca Marajó surge a partir da estratégia da Caixa Econômica de estimular o desenvolvimento e a sustentabilidade em comunidades do território Marajoara, estratégia esta prevista no Programa de DIST – Desenvolvimento Integrado e Sustentável de Territórios. O Projeto tem por objetivo implementar ações de desenvolvimento socioeconômico e ambiental sustentável, com vistas ao desenvolvimento local integrado a políticas públicas nos municípios onde trafega a agência Barco da Caixa.
 
 
 

Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade