DATA DE PUBLICAÇÃO: 04/08/2017
- Diminuir + Aumentar

Hemopa registra queda de doações de sangue

 
A Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará (Hemopa) enfrenta dificuldades devido à ausência de doadores de sangue no mês de julho. Na última semana do mês a redução atinge 50%. A gravidade é relativamente aos tipos sanguíneos negativos e ‘O Positivo’, o que pode interferir no atendimento integral à demanda da rede hospitalar, já que, enquanto o número de coletas cai, a necessidade de sangue aumenta.
Segundo a gerente de Captação de Doadores do Hemopa em Belém, Juciara Farias, o estoque de sangue dos tipos ‘B Positivo’ e ‘AB Positivo’ está satisfatório, mas os negativos e o de maior consumo, ‘O positivos’, estão preocupantes: “O negativo, por exemplo, estamos com estoque zerado. Para reverter a situação, o serviço tem investido no contato direto com os voluntários. Estamos ligando para os nossos doadores, seja de forma individual ou pelos grupos solidários. Essas pessoas são fundamentais nesses momentos de crise. Apelamos especialmente aos familiares e amigos de pacientes para que doem sangue. Muitas pessoas dependem desse gesto solidário”.
 
Enquanto as doações caem, a necessidade de sangue aumenta por exemplo, na região nordeste do Pará. O Hemocentro Capanema atende aos municípios de Salinópolis e Bragança, que recebem muitos veranistas e onde a utilização de sangue se eleva em cerca de 30%. Juciara explica que existem pessoas que acreditam que, após doar sangue, o voluntário não pode se divertir. Isso é um mito. “Não há qualquer impedimento de um doador fazer sua doação de sangue e viajar em seguida. Doar sangue é um ato de amor ao próximo”.
 
QUEM PODE DOAR?
 
Podem doar sangue pessoas com boa saúde, que tenham entre 16 e 69 anos e pesem acima de 50 quilos. Menores de 18 anos podem doar somente com autorização dos pais ou responsável legal. É necessário portar documento de identidade original, assinado e com foto, além de estar bem alimentado. O homem pode doar a cada dois meses e a mulher, a cada três.
 
O interessado passa por uma triagem técnica, feita por um enfermeiro, onde é realizada uma entrevista sobre histórico de doenças, exame de hemoglobina para taxar o índice de anemia e o uso recente de medicamentos. Caso aprovado, o candidato é considerado apto, podendo fazer a doação de sangue no mesmo dia.
Retiram-se apenas 400 ml de sangue por paciente, o que leva de cinco a dez minutos. A quantidade de sangue doada pode atender até dois pacientes. Ao final da doação, recebe-se um lanche para recuperação protéico calórica. “O doador sai da fundação sabendo que cumpriu seu papel social e garantindo que uma vida possa ser salva através do seu gesto”, destaca Lílian Both, assistente social do Hemopa.
 
Serviço

Para ter mais informações, os interessados devem entrar em contato com a ouvidoria do Hemopa, através do telefone 0800 208 8118, das 8h às 18h.
 



Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade