DATA DE PUBLICAÇÃO: 18/08/2017
- Diminuir + Aumentar

Círio de Nossa Senhora das Vitórias atrai fiéis em Marapanim

Foto: Divulgação
 
O município de Marapanim, nordeste do Pará, realizou no domingo, dia 13, o 113º Círio de Nossa Senhora das Vitórias reunindo milhares de devotos na procissão. O tradicional festejo, que este ano traz o tema “Maria, Mãe da Igreja, nos ensine a santificar nossas famílias”, tem programação extensa até a próxima segunda-feira, 21, constando de celebrações, corrida e velejada.
 
Em mensagem direcionada à comunidade local de Marapanim, o pároco da Paróquia de Nossa Senhora das Vitórias, padre Orlando Lopes, refere-se ao festejo como tempo de renovação da fé recebido no batismo: “Tempo oportuno para pedir a Deus que desperte em nosso coração, o desejo de melhorar nosso modo de pensar, sentir e agir, fazendo com que nossa família torne-se verdadeiro berço da iniciação a vida cristã”.
 
O pároco menciona, ainda, o período celebrativo que a Igreja no Brasil vive durante o Ano Mariano, homenageando Nossa Senhora Aparecida nos 300 anos de achado da imagem no rio Paraíba do Sul. Ele conclui pedindo intercessão da padroeira: “Que Nossa Senhora das Vitórias, Mãe de Deus e da Igreja, nos ensine a lutar contra as forças do mal, buscando santificar nossas famílias, como verdadeiras igrejas domésticas e berço da iniciação à vida cristã”.
 
Programação
 
A festa em homenagem a Nossa Senhora das Vitórias teve início no dia 11 com missa seguida de procissão rodoviária até Marudá. No domingo, 13, dia do Círio, a programação contou com a presença do Bispo da Diocese de Castanhal, Dom Carlos Verzeletti. A capela de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro foi enfeitada para receber os fiéis em missa campal. Após a celebração, a berlinda com a imagem da santa seguiu pelas ruas da cidade.
Durante a procissão os fiéis montam pequenos altares com imagens da santa na frente das casas. Após duas horas de caminhada, a imagem chegou à Igreja Matriz de Nossa Senhora das Vitórias. À chegada, os devotos participaram de celebração presidida por Dom Carlos. À noite, os padres Adrick Araújo e Evandro do Carmo presidiram conjuntamente a Santa Missa.
 
Nesta sexta-feira, 18, o festejo segue com Círio dos Estudantes, às 18h, que tem início na Escola Vitória Cirne de Carvalho e seguirá até a Igreja Matriz, onde haverá missa presidida pelo padre João Nazareno. No sábado, 19, está prevista corrida do Círio, às 9h, batismo na Matriz, às 16h, Círio das Crianças, às 18h, e celebração na Matriz na chegada, às 19h30.
 
No domingo, 20, haverá missa, às 7h, na Igreja Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, e após a celebração, acontece a sétima ‘Carreata das Vitórias’, com chegada na Matriz e bênção dos veículos.  Ainda no mesmo dia, com concentração, às 18h, Círio das Mulheres que será em direção a Matriz. O encerramento será no dia 21 com regata a vela no rio Marapanim, realizado conforme a maré.
 
História 
 
De acordo com registros, em 1904 o padre José Maria do Vale, fundador de Marapanim, trouxe da comunidade do Arapijó, uma imagem de Nossa Senhora das Mercês. E por causa das graças alcançadas, o religioso decidiu criar o Círio de Nossa Senhora das Vitórias, uma tradição que se mantém há 113 anos.
 
 
 
 
 



Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade