DATA DE PUBLICAÇÃO: 25/08/2017
- Diminuir + Aumentar

Festividade de São Raimundo

 
Com o tema “100 Anos de Evangelização e Missão” e lema “Eu vim para servir” (Mc 10,45) a Paróquia de São Raimundo Nonato realiza a festividade 2017 em honra ao padroeiro. Até o dia 31, dia da Festa Litúrgica de São Raimundo Nonato, o roteiro do festejo compreende diversas atividades, litúrgicas e culturais, entre elas a procissão, novenário e apresentações de músicos regionais.
 
O pároco, Padre Francisco Ivo do Nascimento Sousa, CM, em sua mensagem voltada para a comunidade disse que é um clima de júbilo para todos da paróquia, pois é celebrado ao mesmo tempo a festividade e o centenário. Em seguida, padre Ivo destacou o exemplo de São Raimundo Nonato:  
 
“São Raimundo Nonato em sua trajetória mostrou-nos convicção e fidelidade ao Cristo no serviço aos escravizados: física e ideologicamente. Mesmo sob métodos de escravidão optou sempre pela liberdade. A devoção a esse santo inspira o nosso compromisso como devotos e maturidade de fé como cristãos”.
 
Para o casal coordenador da festividade, Germano da Silva e Laysa Naseaseno, o momento é de alegria por vivenciar mais uma edição da festa em honra ao padroeiro: “estamos cheios de alegria por estarmos vivenciado esse momento de evangelização, ainda mais felizes em estarmos presenciando a dedicação, esforço e envolvimento da comunidade paroquial. Seguir o exemplo de São Raimundo Nonato para que sejamos fiéis a Cristo no serviço aos mais necessitados. Convidamos a todos para vivenciar conosco esse momento tanto religioso como social.”
 
Programação
 
As atividades da festividade tiveram início na última terça-feira, 22, com novenário às 18h30, seguido de celebração eucarística, presidida pelos padres da paróquia. Antes, no período de 12 a 20 de agosto, como forma de preparação para o festejo, foram realizadas novenas nas comunidades e nas casas das famílias.
 
Dando sequência na programação, na parte litúrgica, a festividade realizou-se com novenário às 18h30 e santa missa em seguida, às 19h, com um padre convidado na presidência. A coordenação propôs que, nos dias do festejo, não houvesse celebrações eucarísticas nas capelas das comunidades, convidando todos a dirigir-se à Matriz.
 
Na parte cultural, as atividades iniciam com jantar da festividade, neste sábado, 26, a partir das 19h, no Salão Paroquial. Haverá vendas de cartelas na secretaria paroquial, no plantão do Dízimo e com os grupos da paróquia. E no período de 27 a 31, haverá o arraial a partir das 18h, com vendas de comidas e atrações musicais.
 
Na quinta-feira, 31, dia do santo, o festejo movimenta-se com alvorada às 5h, e missa às 6h30, presidida pelo Padre Edmir Silva e após a santa missa, café partilhado. Ao meio-dia, a celebração será em intenção aos Raimundos e gestantes, com presidência do Padre Severino de Melo. Já à noite, a partir das 18h, acontece procissão pelas ruas envolta da paróquia, seguida celebração eucarística presidida pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Alberto Taveira Corrêa e concelebrada por demais padres. 
 
Devoção
 
São Raimundo Nonato nasceu no ano de 1200, na Espanha, e, logo cedo, já enfrentou a maior tristeza de todas: ser órfão. Sua mãe faleceu durante os trabalhos de parto, então ele nunca pode ver seu rosto. O nome Nonato surgiu devido a este dia de seu nascimento, já que significa não-nascido de mãe viva.
 
Desde jovem, São Raimundo mostrava seu potencial para aprender e para ensinar as pessoas ao seu redor. Como pastor, passou a visitar, constantemente, uma capela de São Nicolau, onde podia ver a imagem de Nossa Senhora, sua santa de devoção, o que o motivou a integrar a Ordem de Nossa Senhora das Mercês.  Em 1224, recebeu o hábito das mãos do fundador da Ordem, São Pedro Nolasco, junto à missão de resgatar os cristãos feitos escravos pelos mouros da Argélia.
 
Como sacerdote e missionário exerceu seu ministério com o intuito de levar o conforto e a palavra de Deus aos que tanto sofriam e estavam quase renunciando à fé em Cristo. Ele conseguiu resgatar 150 fiéis, entretanto, quando não tinha mais recursos para resgatar mais escravos, ofereceu-se no lugar de um. Na prisão, continuou missionando. Após oito meses de sofrimento, eles, enfim, soltaram-no e São Raimundo voltou à Espanha, no entanto sua saúde já estava bastante debilitada. Quando voltou, foi nomeado cardeal, mas não chegou a assumir o cargo, falecendo em 31 de agosto de 1240.
 
 
 



Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade