DATA DE PUBLICAÇÃO: 01/09/2017
- Diminuir + Aumentar

Pastoral Carcerária dá início à peregrinação às casas penais

 
Durante o mês de setembro, consagrado à Sagrada Escritura e de preparação para o Círio de Nossa Senhora de Nazaré, a Pastoral Carcerária, da Arquidiocese de Belém, e a Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) realizam visitas com a imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré às casas de detenção femininas e masculinas, e aos centros de internação de adolescentes, da região metropolitana de Belém.  As visitas acontecem desde o dia 1º e seguem até o dia 25.
 
As peregrinações às casas penais de Belém, Ananindeua e Marituba já se tornaram um evento oficial no período que antecede o Círio de Nazaré a realizar-se em outubro. A ação tem o objetivo de levar um pouco da espiritualidade da maior festa religiosa do Brasil para dentro do cárcere. As procissões irão acontecer em 23 casas penais de Belém, Ananindeua e Marituba. Durante as visitas, os detentos rezam e recebem as bênçãos do Bispo acompanhante da imagem que é conduzida até a entrada das celas. Dessa forma, as visitas alcançam seu objetivo maior, levando a misericórdia de Deus até os internos em reclusão.
 
A visita da imagem às casas penais vem sendo realizada desde 1997, quando o tema da campanha da fraternidade foi “Cristo liberta de todas as prisões - A fraternidade e os encarcerados”.
 
A ação tem inicia nesta sexta-feira, 1º, com as visitas ao Centro de Recuperação Feminino, no Coqueiro, com o Bispo Auxiliar de Belém, Dom Irineu Roman, e pela tarde, na Seccional da Cidade Nova, em Ananindeua, com o Arcebispo Metropolitano, Dom Alberto Taveira Corrêa.
 
Ao longo das próximas semanas, até o dia 25, a visitação prossegue sendo alternada entre Dom Alberto Taveira, Dom Irineu Roman e também com a participação do recém nomeado Bispo Auxiliar de Belém, Monsenhor Antônio de Assis, segundo o cronograma organizado.
 
 
 



Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade