DATA DE PUBLICAÇÃO: 15/09/2017
- Diminuir + Aumentar

Dom Antônio apresentado em Belém

 
Fotos: Luiz Estumano
 
Dom Antônio de Assis, Ribeiro, novo Bispo Auxiliar de Belém, foi acolhido pela assembleia durante a missa de sua apresentação aos fiéis de nossa Arquidiocese, sábado, 9, na Catedral Metropolitana, presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, e concelebrada por ele e pelo outro Bispo Auxiliar, Dom Irineu Roman e pelo presbitério arquidiocesano, com a presença de inúmeros diáconos. O novo auxiliar foi acolhido, à sua chegada à Catedral, pelo cônegos integrantes do Cabido. As diversas expressões da Igreja de Belém lotavam o Templo. 
 
Dom Alberto deu as boas vindas aos familiares do novo bispo, em especial à sua mãe, Domingas de Assis Ribeiro, ao prefeito da cidade de Ourém, Valdemiro Fernandes Coelho Junior, e a quantos vieram daquele município, bem como aos representantes das Paróquias e das demais forças vivas da Arquidiocese de Belém. Palavras de boas vindas de Dom Alberto: “Nós todos temos a grande alegria de receber em nossa Arquidiocese de Belém o novo Bispo Auxiliar, Dom Antônio de Assis Ribeiro, e o fazemos com uma calorosa salva de palmas”.
 
Durante a homilia, Dom Alberto, pôs em relevo a vocação de todos como Igreja: “Este povo que andava nas trevas e viu uma grande luz, luz que é Jesus Cristo, é um povo escolhido, um povo marcado por Deus. É povo de Deus. Igreja é povo de Deus, povo que Ele marcou na graça do batismo, povo que, escolhido por Ele, torna-se sinal. A Igreja tem também esta vocação de mostrar ao mundo a sua natureza, a sua vocação, aquilo que ela deve ser. Povo de Deus que somos todos nós, tomemos consciência hoje da nossa vocação: somos chamados a ser Igreja, somos chamados a participar deste povo santo marcado por Deus, um povo que está a caminho, um povo que tem as suas fragilidades, pode ter os seus pecados, tem muitos limites, mas é um povo conduzido pelo próprio Cristo, que é o pastor do rebanho. 
 
Querido irmão, querida irmã, estamos no tempo do Espírito, o tempo da Igreja, e quero junto com todos vocês professar a fé no Espírito Santo que conduz a Igreja dentre tantas manifestações que Nosso Senhor nos oferece. Desde a nomeações de Dom Antônio, eu identifiquei ocomo a graça de Deus sabe escolher, e age, e concede as graças necessárias. Quando ele aqui chegou, nós todos da residência episcopal e todas as outras pessoas ficamos impressionados, mesmo antes da ordena¬ção, pela escolha do Santo Padre, por perceber como a graça e a ação do Espírito Santo repousam sobre uma pessoa. Irmãos e Irmãs, tomemos consciência de que nós somos templo do Espírito Santo, somos pelo Espírito Santo conduzidos”.
 
Ao final da celebração, Padre Roberto Cavalli, cura da Sé, deu as boas vindas ao novo auxiliar, em nome do Clero de Belém e de todos os fiéis, que juntos aplaudiram calorosamente o homenageado. 
 
Monsenhor Raimundo Possidônio, Vigário Ge¬ral da Arquidiocese, deu as boas vindas ao Bispo Auxiliar, e disse: “Pode contar conosco”.
 
Em seguida, Dom Antônio de Assis Ribeiro, em seu discurso de agradeci¬mento, assim se expressou: “Estou aqui para servir como irmão, como pastor entre vocês. Me ajudem. Sou caboclo, sou paraense, sou Salesiano. Em relação à salesianidade trago no coração todos os valores do espírito sale¬siano e uma grande paixão missionária pelos jovens. Então, sem dúvdia, quero contribuir de modo especial no meu pastoreio em relação à juventude”.
 
Falou da sua vasta contribuição para à Igreja, concluindo com a seguinte frase de Santo Agostinho “Com vocês sou cristão, para vocês sou Bispo”, assim explicado por ele: “Com vocês quero dizer: eu sou um fiel, como um discípulo de Jesus Cristo tenho a mesma vocação à santidade, somos iguais na fé, mas para vocês eu sou um missionário, diante de vocês sou um pastor, diante de vocês devo ser mestre, diante de vocês devo ser promotor da santidade, diante de vocês tenho a missão de confirmar a fé, na verdade em Jesus Cristo. Estou aqui para essa missão. Obrigado pela acolhida. Acolham-me como aquele que vos serve”. Monsenhor Marcelino Gonçalves, também Vigário Geral da Arquidiocese, entregou-lhe o báculo, talhado em madeira. Dada a bênção final por Dom Alberto, o clero retirou-se, deixando Dom Antônio no presbitério para os cumprimentos dos presentes.
 
Participações
 
Centenas de fiéis acolheram de coração aberto o novo Bispo Auxiliar de Belém, Dom Antônio de Assis Ribeiro. Muitos de seus conterrâneos de Capitão Poço, seu município natal, e de Ourém fizeram questão de comparecer e dar-lhe as boas vindas. Por exemplo, Raimunda dos Santos, cozinheira, para quem o auxiliar foi escolhido por Deus: “Este momento me traz muita alegria, por ele ser muito humilde e muito fraterno com cada um de nós. Eu me emociono ao falar dele, por ele ser de Ourém. Desejo tudo de bom. Cerca de 60 religiosos da Comunidade Monte Tabor, também se fizeram presentes. 
 
Eva Saraiva, aposentada, paroquiana da Paróquia de Nossa Senhora do Bom Remédio, Nova Marambaia, deseja que o Espírito Santo auxilie Dom Antônio: “Eu desejo, enquanto paroquiana da Arquidiocese de Belém, que ele seja guiado pelo Espírito Santo".
 
 
 
 
 



Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade