DATA DE PUBLICAÇÃO: 05/10/2017
- Diminuir + Aumentar

Panorama:Vem, Maria de Nazaré

No “Ano Mariano de 2017”, a Igreja Católica festeja os trezentos anos do achado da imagem de Aparecida, os cem anos da Aparição da Mãe do Céu em Fátima e, em Belém do Pará, realiza-se neste domingo o 225º Círio de Nazaré, devoção popular que cresceu a partir do encontro de uma imagem nas margens do igarapé Murutucú (hoje Tv. 14 de Março), o que ocorreu há 377 anos.
 
Mais de dois milhões de romeiros e devotos do Brasil e, até do exterior, vão às ruas de Belém homenagear Maria de Nazaré, a Mãe de Jesus, representada na pequenina imagem que desfila numa berlinda, puxada por uma corda. Imagem que recebeu coroação Pontifícia no dia 15-08-1953, no encerramento do 6º Congresso Eucarístico Nacional, homenageada no histórico discurso de Dom Alberto Gaudêncio Ramos, paraense, que na época era Arcebispo de Manaus. Transcrevo pequenos períodos desse discurso:
 
“Vem, Senhora de Nazaré. Deixa por alguns instantes as nuvens do teu nicho, na glória do altar-mor de tua Basílica portentosa, para receberes a coroa do carinho, da gratidão e do afeto de teu povo. Vem, para seres cingida pela coroa de ouro que, canonicamente, em nome do Sumo Pontífice, o augusto cardeal Augusto vai depositar em tua fronte, nesta impressionante cerimônia litúrgica...
 
Virgem Santíssima de Nazaré, Senhora dos Navegantes, aclamam-te aquelas populações ribeirinhas de Itacoatiara e Parintins, de Óbidos e Santarém, que exaltaram também teu divino Filho, na sua passagem triunfal do Rei dos Reis sobre as águas do Rei dos Rios, a bordo do navio “Vitória”, Vitória-Régia que se desprendeu de Manaus para trazer a Belém a flor branca da Eucaristia!”
 
Recordamos esta passagem histórica, nesta época em que se multiplicam as romarias em torno da milagrosa imagem da “Rainha da Amazônia”.
 
 
 


 

Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade