DATA DE PUBLICAÇÃO: 13/10/2017
- Diminuir + Aumentar

Milhares de fiéis participam da Trasladação na noite de sábado

 
A 225ª Trasladação foi, como sempre, antecedida pela celebração eucarística, em frente ao Colégio Gentil Bittencourt, presidida por Dom Leonardo Ulrich Steiner, Bispo Auxiliar de Brasília (DF) e Secretário Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). A Santa Missa começou por volta das 16h30, aguardada por milhares de fiéis, devotos e promesseiros, que tomaram inteiramente a Avenida Nazaré em frente ao colégio.
 
Na homilia, Dom Leonardo enfatizou os momentos de oração: “Em cada Círio que realizamos nós nos refugiamos, nós nos encontramos para rezar. A oração tão importante na nossa vida! Na primeira leitura nós ouvimos que eles rezavam porque estavam com saudade de Jesus, quase tinham perdido Jesus e, por isso, reuniram-se para rezar. Nós aqui, quase com saudade de Jesus, nos encontramos nessa multidão imensa para rezar”.  
 
Ao final da celebração, forte chuva caiu sobre a cidade, revelando o colorido das sombrinhas e a disposição de todos em permanecer esperando a Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré para o início da sexta romaria do calendário oficial. Sob os pingos da chuva e com inúmeros aplausos, a imagem foi conduzida à Berlinda, enfeitada com flores brancas. Iniciava-se, assim, a Trasladação, que faz o percurso inverso ao do Círio. Nela seguem romeiros, promesseiros, a corda de 400 metros e a Berlinda com a Virgem de Nazaré.

Ao longo do percurso, a Senhora da Berlinda foi homenageada com queima de fogos de artifício, balões coloridos, em frente de prédios residenciais, repartições públicas e escritórios particulares. Ao anoitecer, as luzes que enfeitam as Avenidas Nazaré e Presidente Vargas deram um colorido  especial à procissão. Após quatro horas de percurso, a Berlinda chegou à  Catedral Metropolitana, e a incontável multidão presente foi abençoada com a imagem da padroeira.
 
 
Evangelização
 
Religiosos da Comunidade Sementes do Verbo, do Distrito de Icoaraci, reuniram-se pelo 6º ano na romaria da Trasladação para evangelizar, uma iniciativa da Arquidiocese de Belém. O tema do Círio 2017 “Maria, Estrela da evangelização”, reforça o compromisso que contou com a participação de aproximadamente 60 religiosos, preparados  antecipadamente,  durante o momento de espiritualidade na Casa de Plácido, pela Diretoria do Círio. 
 
“A Comunidade Sementes do Verbo ajuda todos os anos. Para nós é uma grande alegria poder ajudar, poder realmente fazer parte desta grande Festa do Círio de Nazaré, através da evangelização, levando a Palavra de Deus a essas pessoas que estão aqui. Para nós, levar a Palavra de Deus é muito importante”, disse o irmão João Paulo.
 
Ana Paulina Apolinário, estudante do curso de direito, integra a liderança do grupo Trindade Jovem, da matriz da Paróquia da Santíssima Trindade. Pelo quarto ano a iniciativa reuniu cerca de 50 jovens do grupo: eles louvaram e rezaram antes da romaria. Há dois grupos, um que vai na corda e outro que auxilia os jovens com o alimento do corpo e da alma, a Palavra de Deus. O ponto de partida é próximo à Basílica Santuário e o ponto de chegada em frente à Igreja de Santo Alexandre, ao final da Trasladação. 
 
Promesseiros
 
A Trasladação tem a participação maciça da juventude. Muitos vão na corda para agradecer a aprovação no vestibular, uns para pedir sabedoria durante as provas e outros agradecer pelo dom da vida de familiares e amigos. Muitos promesseiros chegaram cedo para garantir um lugar na corda. Um desses foi o funcionário público Sávio Oliveira, que pelo primeiro ano vai na corda. Em 2016 pediu que Nossa Senhora de Nazaré intercedesse na aprovação da filha no curso de medicina. Alcançada a graça, cumpre a promessa, ao lado da filha, que também acompanha na corda:  “Aqui nós estamos, não há cansaço, não há sacrifício. Nós só temos que agradecer a Nossa Senhora e pedir que Ela nos dê muita força, que a fé seja muito grande e que a paz reine para todos aqui”. Ana Clara Oliveira, 20 anos, emocionada, desabafa: “Está sendo maravilhoso! Ano passado eu vim pedir e esse ano eu vim agradecer”. 
 
A estudante Karen Fraga, 17 anos, pediu à Virgem de Nazaré para interceder por ela durante as provas do vestibular e pelos pais. Este ano prestará vestibular para o curso de psicologia e, segundo ela, é o ano em que vai passar no vestibular. A mãe da Karen, Tatiana Fraga, dona de casa, não desamparou a filha e fez questão de estar ao lado dela durante o percurso. 
 
A bibliotecária Suzana da Silva veio agradecer a cura do irmão que foi diagnosticado com leucemia. Após um mês de tratamento os exames atestaram a cura da doença. Segundo ela, no dia 2 de outubro, mês de Nossa Senhora, eles receberam a notícia de que todos os exames estavam normais. Para Suzana, foi a fé, um verdadeiro milagre, que causou a surpresa até dos médicos.
 



Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade