DATA DE PUBLICAÇÃO: 13/10/2017
- Diminuir + Aumentar

Feira de Artesanato do Círio

 
A tradicional Feira de Artesanato do Círio, promovida pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/Pará), aconteceu, de 4 a 10 de outubro, na Casa das Artes, ao lado da Basílica Santuário de Nossa Senhora de Nazaré. Dom Alberto enfatizou a diversidade de artesanatos encontrada na feira.

“Cada ano é uma alegria imensa estar nesta feira de artesanato que ficou conhecida como Feira do Miriti, ainda que muitas coisas sejam apresentadas”.
 
Cerca de 40 estandes foram montados no espaço de mais de 400 metros quadrados, com a participação de 46 expositores vindos de vários municípios do Estado. Durante o período do evento, cerca de 15 mil peças foram colocadas à venda. Em cada estande uma variedade de peças que podiam ser apreciadas e adquiridas.

Por exemplo, brinquedos de miriti, camisas exclusivas com estampas da imagem de Nossa Senhora de Nazaré e biojoias cuja matéria prima é proveniente do caroço do miriti. Para Dom Alberto, Nossa Senhora é a fonte de inspiração para cada artesão.

  “A Figura de Nossa Senhora inspira exatamente esse trabalho. A doutrina social da Igreja diz que o trabalho é uma extensão  das mãos humanas. Então, é uma beleza ver tudo isso aqui como uma expressão da alma humana”. 
 
Pelo quarto ano, Jacilene do Amor Divino participa como expositora. Artesã há 15, reconhece a beleza das peças provenientes da semente do açaí.  A artesã agradece a parceria junto ao Sebrae: “O Sebrae sempre nos ajudou, sempre nos auxiliou”. 
 
Segundo o diretor-superintendente do Sebrae no Pará, Fabrizio Guaglianome, a feira é apenas um dos momentos de atuação do Sebrae junto aos artesões. Desenvolve-se ainda um trabalho de consultoria de geração de negócios para esses artesões. Para ele, o evento impulsiona novos negócios para os artesões. 



Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade