DATA DE PUBLICAÇÃO: 26/10/2017
- Diminuir + Aumentar

Coletiva apresenta balanço do Círio 2017

 
Na segunda-feira, 23, às 9h, após o Recírio, a Arquidiocese de Belém e Diretoria da Festa de Nazaré apresentaram à imprensa local, no auditório da Cúria Metropolitana, o balanço das 12 romarias oficiais do Círio de Nazaré 2017, cujo tema “Maria, Estrela da Evangelização”. Durante a coletiva foram apresentados o tema da festa 2018 e a nova diretoria para o biênio 2018/2019.
 
Estiveram presentes na coletiva o Arcebispo Metropolitano, Dom Alberto Taveira Corrêa, o diretor coordenador da Festa deste ano, Roberto Souza, e o novo diretor coordenador, a ser empossado, Cláudio Acatauassú Nunes. Ao iniciar o balanço, Dom Alberto fez um agradecimento todo especial à imprensa local, pela cobertura positiva durante a Quadra Nazarena.
 
Prosseguindo, Dom Alberto enfantizou a importância do  Círio de Nazaré como norteador do  trabalho pastoral da Arquidiocese: “O Círio representa tudo que realizamos na Igreja em Belém durante o ano todo, justamente porque seu tema corresponde ao que a Igreja está vivendo e a Igreja sente-se inspirada por aquilo que queremos viver no Círio. Este ano teve como tema “Maria, Estrela da Evangelização”. Por quê? Porque em novembro teremos a IX Assembleia Arquidiocesana de Pastoral da nossa arquidiocese. Então, nós refletimos a evangelização como a graça e a identidade da própria Igreja.”
 
Para Dom Alberto o Círio 2017, de número 225, alcançou seu principal objetivo que foi de evidenciar Maria como estrela da evangelização que aponta para Jesus: “Podemos testemunhar que de fato isso aconteceu. Mais pessoas se aproximaram de Jesus, mais pessoas entraram na Igreja, mais pessoas acolhem e valorizam o Círio. Então, o saldo é positivo: muito mais que os números, importa a qualidade do trabalho de evangelização.”
 
E essa evangelização, pontua Dom Alberto, foi confirmada com os números apresentados pelo diretor coordenador do biênio 2016/2017, Roberto Souza. Este ano, foram confeccionados 100 mil livros de peregrinações que orientaram os encontros iniciados  a partir da missa do mandato, em agosto. Com os encontros estima-se que 600 mil pessoas foram atingidas pelas reflexões, orações e meditações dos 12 encontros contidas no livro.
 
Para Roberto, que se despede este ano da coordenação geral, a evangelização foi o que norteou todos os trabalhos da diretoria, desde a preparação até a execução da Festa de Nazaré: “O tema já nos guiou para fazer esse trabalho mais intenso e com participação maior de eventos que fossem voltamos exatamente para essa evangelização. Cito como exemplo o Círio Musical, que tem um grande alcance de pessoas na transmissão televisiva, além, é claro, do trabalho de acolhida de jovens que evangelizam pessoas na Praça Santuário”.
 
O Círio Musical, promovido pela Diretoria com organização da Comunidade Shalom, alcançou cerca de 11 milhões de pessoas que acompanharam a transmissão da Rede Nazaré de Televisão. O Círio 2017 movimentou também 29 municípios que receberam visitas da Peregrina que este ano alcançou o número de 445 peregrinações. 
 
Outra característica da festa deste ano foi a incrível baixa no número de ocorrências: redução de 53% nos delitos durante a grande procissão do domingo e a diminuição de 15% nas ocorrências atendidas pela Cruz Vermelha em relação ao ano passado, quando foram de 760 atendimentos.
 
 
Movimentação da Economia
 
O Círio de Nazaré movimenta praticamente todos os setores econômicos paraenses, com destaque para o setor de serviços, onde o foco maior é o turismo, mas há grande movimentação também no comércio, indústria e no setor agrícola. Em termos de impactos globais,  estima-se que o efeito Círio tenha injetado na economia paraense, mesmo com toda a crise, cerca de R$ 1 bilhão de reais.
Grande geradora de empregos, a Festa de Nazaré abre cerca de 60 mil vagas, sendo 95% no mercado informal. 
 

Temática 2018 e nova Diretoria3

Ainda durante a coletiva de imprensa foram apresentadas a temática da Festa de Nazaré para o ano que vem e a nova diretoria coordenadora que assumirá em breve em cerimônia solene. “Uma jovem chamada Maria”, tema escolhido pelo Arcebispo, que traz como reflexão a juventude e sua vocação na Igreja, está inserida no ano em que o Vaticano reunirá bispos do mundo todo durante o Sínodo dos Bispos 2018 para discutir o papel dos jovens.
 
Se nós não cuidarmos bem da juventude, estaremos comprometendo o próprio futuro. O Papa tem consciência disso e, por isso, convocou o Sínodo para falar de juventude, sobre vocação, sobre o testemunho dos jovens na vida da Igreja. Ele quer ouvir os jovens. Nós também queremos levar até eles a mensagem do Evangelho. Queremos, assim, fazer com que a juventude saiba que é Igreja e a Igreja queira cada vez mais ser jovem, ser renovada”, disse Dom Alberto.
 
Ele prosseguiu: “Caminharemos agora nesse tom da juventude. Maria deu seu ‘sim’ muito jovem, aos 14, 15 anos. Uma pessoa que sempre se manteve fiel. Pelo que sabemos, sempre se manteve perto de Jesus: era aquela que, como mãe, tornou-se também sua discípula. Ela, como diz São João Paulo II, continua acompanhando a Igreja na peregrinação da fé”. 
 
Dom Alberto também apresentou Cláudio Tobias Acatauassú Nunes como novo diretor coordenador da festa para o biênio 2018/2019. Cláudio já está há 15 anos na diretoria da festa e já assumiu cargos nas diretorias de decoração, evangelização e, mais recentemente, na de eventos. Com alegria, o novo diretor recebeu com grande expectativa a notícia: “Recebi o anúncio com muita alegria. Com a ajuda do clero, das comunidades e das paróquias, ou seja, de todos os órgãos envolvidos com o Círio de Nazaré, tenho certeza de que faremos um Círio tranquilo,  que agradará a todos. Digo isso porque temos a confiança em Nossa Senhora de Nazaré e em seu filho Jesus”.
 
Sobre o tema, Cláudio acredita que haverá uma grande motivação: “Dom Alberto anunciou ontem o tema e com certeza vai motivar muito os jovens a participarem. Temos também um bispo auxiliar envolvido com a juventude, com um carisma que trabalha com jovens. Creio que será um ano em que teremos grande participação dos jovens de uma forma mais atuante e engajada durante a festividade de Nazaré”.
 
 
 



Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade