DATA DE PUBLICAÇÃO: 03/11/2017
- Diminuir + Aumentar

Panorama: Todos os Santos

 
A nossa Igreja abre o mês de novembro louvando a todos os Santos. Une-se a Liturgia da Igreja peregrina à da Igreja celeste para celebrar ao Senhor Jesus Cristo, que é a fonte do amor e da santidade.
 
Não são apenas os santos canonizados que a Igreja festeja nesta data e, sim, os demais, bem mais numerosos, que souberam manter e aperfeiçoar, durante a vida, os dons recebidos pelo batismo. 
 
É tempo propício para meditarmos sobre as “Bem-aventuranças”. Os bem-aventurados são os que ouvem e vivem as mensagens Evangélicas. Não basta puxar a corda do círio ou ler a bíblia. O importante é saber interpretar e saber viver, sem vaidades e ambições, as verdades pregadas por Jesus.  Devemos aprender a fugir das frágeis glórias mundanas.
 
Nunca vi nenhum endinheirado levar seus bens para o túmulo. O tempo dos faraós passou há muitos séculos!
Devemos imitar os santos anônimos que ontem e hoje preocupam-se com as crianças desprotegidas, os(as) professores(as) que sabem dirigir seus alunos defendendo os verdadeiros valores. Todos os que defendem os conceitos éticos e morais. Todos nós que estamos aqui de passagem, tempo em que devemos lutar para garantir a nossa presença eterna junto ao Salvador.
 
Por isso, no dia 2 prestamos homenagens aos nossos antecedentes que nos ensinaram essas coisas maravilhosas e merecem a nossa reverência.
 
 



Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade