DATA DE PUBLICAÇÃO: 03/11/2017
- Diminuir + Aumentar

Cursilho de Cristandade: A missão de 72 discípulos

Depois que os 12 Apóstolos voltaram da missão que lhes tinha dado (Lc 9, 1-6), Jesus escolheu outros 72 discípulos, deu-lhes instruções práticas e os enviou para anunciarem o Evangelho (Lc 10, 1-9). 
 
Dois a dois partiram e foram. 
 
Imagina que você também é um deles.
 
Por que Jesus escolheu exatamente 72?
  
72 é um número simbólico.  Ele representa as 12 tribos de Israel, os 12 Apóstolos, mas multiplicado por 3, não uma, mas duas vezes
.
O número 12 representava a totalidade do povo de Deus formado pelas 12 tribos de Israel.
O número dos 72 enviados a evangelizar era 12 x 3 x2.  Isto significava TODOS
.
Assim, Jesus quis dizer que todos os seus discípulos são enviados a anunciar o Evangelho.
 
Se todos os cristãos, em força do seu Batismo, são chamados a anunciar o Evangelho, mais ainda os cursilhistas, os quais receberam um chamado reforçado, insistente e repetido de Jesus através de seus irmãos.
 
Cursilhista que pensa só em si mesmo, ainda não é cursilhista, e nem cristão de verdade.  
 
O carisma do Cursilho é evangelizar os ambientes onde se vive ou trabalha.  Lá, o cursilhista deve anunciar Jesus e sua Palavra especialmente aos afastados.
 
Afastados são aqueles que receberam o Batismo, mas nunca cresceram e nem se tornaram adultos na fé.
 
Mas, como fazer?
 
Entra num Núcleo ou Grupo de cursilhistas para planejar e agir junto com teus irmãos cursilhistas.  Vai nas Ultréyas e na Escola Vivencial e ali te dirão como fazer.
 
Hoje a sociedade prega muito o individualismo, isto é, eu, eu e eu.  Mas Jesus quis a sua Igreja organizada em comunidades, mesmo que sejam apenas dois ou três.
 
É no Grupo que Jesus marca presença e despeja suas graças e luzes.  Por isso, para os cursilhistas agirem do jeito que Deus quer, precisam agir em Grupos.
 
Tu és um dos 72 discípulos de Jesus.  Ele te enviou.  Hoje tu és o braço, a mão, o olho, a língua ou o coração de Jesus para salvar o mundo.
 
Vai, e faze a tua parte.
 
 
 



Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade